ENTRETENIMENTO

Especial Elvis: Graceland, a mansão de Presley em Memphis

Durante os anos finais de sua vida, Elvis Presley morou na mansão Graceland, em Memphis. Hoje, o local é um museu aberto ao público para visitação.

None
FOTO: Joseph Novak/Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/08/2016 às 17:53
Atualizado às 18:10

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Em 16 de agosto de 1977, Elvis Presley foi encontrado morto em sua mansão Graceland, em Memphis, no Tennessee (Estados Unidos). Contudo, o que era para ser mais uma residência abandonada e com lembranças tristes, tornou-se um museu devido à iniciativa de sua ex-esposa Priscilla Presley.

Graceland mansão Elvis Presley

FOTO: Joseph Novak/Wikimedia Commons

Cerca de 600 mil pessoas visitam o local todos os anos para ver de perto as roupas originais, premiações e visitar o túmulo de Elvis que se encontra no Jardim de Meditação.

A mansão foi aberta ao público em 7 de junho de 1982. No entanto, até 1993, a tia paterna do astro, Delta Presley Biggs, morava no local. Apenas após sua morte, a cozinha foi adicionada ao roteiro de visita pela casa, que até o momento, incluía apenas o andar térreo.

Visita a Graceland

Há  cinco  tipos  de  ingressos  disponíveis  para os visitantes. Contudo, o mais completo deles dá acesso à mansão, à Casa dos Troféus, aos aviões, aos carros e a todo o complexo de Graceland (que inclui seis lojas e quatro restaurantes).

Além disso, os turistas recebem um iPad com vídeos e fotos que narram as histórias dos cômodos da casa e exibem imagens históricas da família Presley em Graceland.

Cômodos

A sala de estar conta com os sofás originais do cantor e seu piano ao fundo, contudo, os visitantes não podem tocar nos móveis, sendo separados por um cordão.

O andar superior da mansão não é aberto à visitação, mas os fãs podem ver a cozinha, a sala de TV (com três televisões e a decoração chamativa em preto e amarelo), a sala de jogos (com sofás, paredes e teto revestidos do mesmo tecido estampado) e o Jungle  Room, local que foi palco de algumas gravações de Elvis e possui uma decoração que lembra o Havaí, como o carpete verde no chão e uma fonte d’água.

O quarto dos pais de Elvis, Vernon e Gladys, também é aberto para visitação.

Outros locais

Na Casa dos Troféus, é possível ver um pouco do início da carreira do rei do rock e as roupas de seu casamento com Priscilla (vestido, véu e terno),  além dos prêmios que recebeu. Há ainda o corredor Hall of Gold, com a exposição de discos de ouro, platina e diamante.

Comedian Craig Ferguson stopped by #Graceland yesterday. You never know who you'll see at the king's castle!

A photo posted by Elvis Presley's Graceland (@visitgraceland) on

Graceland ainda possui uma piscina e um estábulo no quintal. Também é possível conhecer os dois jatos utilizados por Presley: Lisa Marie e Hound Dog 2. Além desses locais, há os carros e motos em exposição.

O complexo da mansão ainda possui um local especial sobre Elvis no Havaí e lembranças de Tupelo, sua cidade natal.

SAIBA MAIS

39 anos sem Elvis Presley! Saiba por que ele é considerado o rei do rock

História do Rock: o sucesso e a tragédia de Buddy Holly

Texto: Érica Aguiar