ENTRETENIMENTO

Perda de memória: 3 filmes que retratam o tema

A perda de memória é um assunto muito abordado nas produções hollywoodianas. Veja três filmes de sucesso que falam sobre o tema

None
FOTO: iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/09/2016 às 18:35
Atualizado às 15:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

1. Brilho eterno de uma mente sem lembranças

Você já imaginou se uma memória pudesse ser apagada? Essa é a ideia básica do filme, que mostra Joel Barrish (Jim Carey) e Clementine Kruczynski (Kate Winslet). Os dois são ex-namorados e, após uma briga, Clementine se submete a um procedimento para apagar Joel de sua memória. Quando ele descobre, decide fazer o mesmo.

Algum tempo depois os dois se encontram em um trem e se sentem novamente atraídos. Porém, um escândalo na empresa em que o procedimento de apagamento de memória é feito pode comprometer esse recomeço: Joel e Clementine recebem os dados relativos às memórias apagadas e se chocam ao perceber que tinham um relacionamento no passado.

filmes-memória-divertidamente-alice-brilho-eterno

IMAGENS: Reprodução

2. Para sempre Alice

O filme e o livro, escrito por Lisa Genova, contam a história da Dra. Alice Howland (Julianne Moore), renomada professora de linguística que sofre com o Alzheimer precoce. Conforme a doença evolui, os espectadores descobrem as ferramentas que Alice utiliza para driblar a falta de memória, as consequências da doença no núcleo familiar com o afastamento do marido e reaproximação da filha e a degradação da mente afiada que era orgulho da linguista. O papel de Alice no cinema rendeu à Julianne Moore o Oscar de Melhor Atriz em 2015.

3. Divertidamente

O filme se passa na cabeça de Riley, uma garota de 11 anos que está prestes a viver uma grande mudança. Lá, cinco sentimentos tentam se organizar para coordenar o comportamento da menina: a alegria, a tristeza, o medo, a raiva e o nojinho. Enquanto ela vive um momento dramático, os sentimentos também passam por uma crise tentando salvar as memórias da garota. E esse é um dos pontos altos de Divertidamente: o filme mostra, de maneira didática, como são organizadas as memórias em nosso cérebro. Ele também revela a importância de esquecer memórias antigas para abrir espaço para novas experiências.

LEIA TAMBÉM

Texto: Karen Barbarini – Edição: Giovane Rocha/Colaborador