Fatos que você não sabia sobre Breaking Bad

Faz quase 3 anos que Breaking Bad encerrou e é difícil não sentir falta, mas existem coisas que você provavelmente não sabia sobre a série. Confira!

None
FOTO: Divulgação/AMC

por Redação Alto Astral
Publicado em 13/09/2016 às 11:16
Atualizado às 11:16

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Faz quase 3 anos que a série encerrou e não tem como esquecer dela. Breaking Bad tem muitos easter eggs, mas existem coisas que você provavelmente não sabia. Confira!

ATENÇÃO: as informações a seguir podem conter spoilers sobre as temporadas. Se você ainda não assistiu, não leia por enquanto.

Jesse Pinkman apontando arma

FOTO: Divulgação/AMC

1 – Jesse iria morrer no final da 1ª temporada.

É isso mesmo, o viciado Jesse Pinkman iria se despedir da série no nono episódio da 1ª temporada. Gravada em meio à greve dos roteiristas ocorrida em 2008, o ano de estreia da série foi reduzido a sete episódios, o que deu ao criador, Vince Gilligan, tempo para reconhecer que havia química entre os atores Aaron Paul e Bryan Cranston e, com isso, reavaliar o relacionamento dos dois para as temporadas seguintes.

2 – A metanfetamina azul? Simplesmente balinhas.

Sim, as icônicas pedras azuis de Heisenberg são balas em forma de pedrinhas.

3 – A casa de Jesse foi vendida no período em que a 2ª temporada era gravada.

Todas as cenas internas na casa de Jesse da 3ª temporada em diante foram, na verdade, gravadas em um set construído para ser um pouquinho maior do que o local verdadeiro.

Jesse e Walter tomando cerveja e assistindo tv

FOTO: Divulgação/AMC

4 – Assim como o personagem, o ator R.J. Mitte tem paralisia cerebral na vida real.

Mitte sofre de paralisia cerebral moderada e teve que aprender a andar de muletas e a melhorar sua dicção para conseguir o papel de Walter Jr.

5 – Um agente do DEA ensinou como fazer metanfetamina de verdade.

E, além disso, Bryan Cranston foi instruído por um verdadeiro professor de química para compor seu Walter White.

6 – Cada episódio custou 3 milhões de dólares.

O que faz cada temporada de 13 episódios valer quase 40 milhões.

Jesse e Walter dentro do carro

FOTO: Divulgação/AMC

7 – Cada um dos “yo” e “bitch” ditos na série estão no roteiro.

De acordo com o ator Matt Jones (o amigo viciado de Jesse, Badger), as gravações têm apenas 1% de improviso. Todo o resto realmente está no roteiro.

8 – Skyler grávida era a Marie grávida na 2ª temporada.

A atriz Betsy Brandt (Marie Schrader), estava grávida de verdade durante as gravações da 2ª temporada. Por isso, para dar veracidade às cenas em que a Skyler estava grávida, a produção usou closes da barriga de Betsy.

9 – A campanha “Save Walter White” tem um site de verdade.

Todos os recursos doados por espectadores para o “Walter” no site criado por Walter Jr. (digo, Flynn) vão para a uma instituição que ajuda na luta contra o câncer.

10 – A equipe de The Walking Dead auxiliou na cena “Duas Caras” de Gus Fring.

É muito bom ter um time de especialistas em efeitos especiais zumbis por perto. A equipe de The Walking Dead, do canal AMC, auxiliou a produção de Breaking Bad na cena da morte de Gus Fring, com uma escultura 3D da cabeça do chefão digitalmente inserida no plano original.

Veja também
Veja o trailer da 2ª temporada de Narcos e novidades da Netflix em setembro
Ator de Breaking Bad comentará as Paralimpíadas e faz relato emocionante
5 motivos para assistir The Get Down na Netflix!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.