5 fatos sobre a maior premiação do cinema

O que sabemos sobre o Oscar? Descubra 5 curiosidades sobre a maior premiação do cinema. Desde como é feita a estatueta até os maiores vencedores.

None
FOTO: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 31/10/2016 às 06:32
Atualizado às 18:47

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O que sabemos sobre o Oscar? Descubra 5 curiosidades sobre a maior premiação do cinema:

1 – A poderosa

Com 34 centímetros de altura e pesando 3,8 kg, a estatueta do Oscar é composta por 92,5% de estanho, 7,5% de cobre e folheada com ouro de 14 quilates e platina. Por isso, podemos dizer com certeza: é poderosa! E não só pelos atributos, mas pelo o que representa, claro… O custo de sua fabricação beira os 150 dólares e tem a forma de um guerreiro com uma espada sobre um rolo de filme. Seu nome oficial é The Academy Awards of Merit (Prêmio Mérito da Academia), mas a conhecemos mesmo como Oscar. Dizem que a estatueta foi esboçada pelo diretor de arte da MGM, Cedric Gibbons. Ele teria feito o desenho na toalha da boate Brown Derby, de Los Angeles. Mais tarde, o esboço ganhou forma nas mãos do escultor George Stanley.

Estatueta do Oscar

FOTO: Getty Images

2 – Peça única!

Os ganhadores do prêmio assumem o compromisso de nunca vender suas estatuetas. A única exceção seria vendê-las para a própria Academia por um preço simbólico de 10 dólares. No entanto, em um leilão de 1993, o Oscar recebido por Vivien Leigh em E o Vento Levou foi comprado por mais de 500 mil dólares!

3 – O criador e a criatura

A realização de uma festa que premiasse as melhores produções do cinema ficou por muito tempo no campo das ideias. É que nos estúdios de Los Angeles circulavam várias discussões sobre o assunto, sempre com o status de sonho. Mas quem colocou tudo em prática foi o ucraniano Louis B. Mayer, o então presidente da Metro-Goldwyn-Mayer (sim, a famosa MGM). No entanto, dizem as fofocas de bastidores que o Oscar só tomou forma pela necessidade de suprir a vaidade das grandes estrelas e dos chefões de Hollywood, ávidos por notoriedade.

4 – Os maiores vencedores

Os 3 filmes mais premiados são: Ben Hur (1959), Titanic (1997) e O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003). Cada um deles levou para casa 11 estatuetas. No entanto, é O Senhor dos Anéis que pode ser considerado ainda mais vencedor, já que foi o único a receber o Oscar por todas as categorias no ano em que foi indicado – Melhor Filme, Diretor e Roteiro Adaptado; Efeitos Visuais, Direção de Arte, Edição, Figurino, Maquiagem, Mixagem de Som, Trilha Sonora e Canção Original. Um verdadeiro massacre de sucesso!

5 – Os maiores perdedores

Agora, quando falamos em perdedores, dois nomes dividem o topo: Momento de Decisão (1977) e A Cor Púrpura (1985), dirigidos por Hebert Hoss e Steven Spiellberg, respectivamente. Ambos também receberam 11 indicações – com um intervalo de quase dez anos entre os filmes – porém, mesmo causando enorme expectativa, não levaram nenhum prêmio para casa.

Texto: Carolina Firmino. Edição: Jessica Mobílio

LEIA TAMBÉM