O evangelho de Judas traz outra versão sobre a traição. Entenda!

Considerado ilegítimo pela maioria das igrejas cristãs, o evangelho de Judas mostra outra versão sobre a traição do discípulo

None
FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/09/2016 às 13:45
Atualizado às 18:24

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Este evangelho leva a assinatura de Judas Iscariotes, conhecido por ter traído Cristo. O livro foi publicado somente em 2006 e traz registros de ensinamentos de Jesus para o próprio Judas e mostra que, ao contrário do que diz os quatro evangélicos canônicos da Bíblia, o traidor teria sido, na verdade, o discípulo próximo de Cristo e o mais fiel de todos. A obra não nega a denúncia de Judas para os romanos, mas alega ter sido ordenada pelo próprio mestre para que a profecia fosse cumprida.

Jesus e Judas

FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons

Relata ainda que foi perdoado por Cristo e não se suicidou. Muito significativa ainda é a passagem em que Judas revela conhecer a natureza de Cristo: “Eu sei quem você é, Jesus, e de onde você veio. Você veio do reino imortal, o reino imortal de Barbelo. E a minha boca não é digna de descrever e dar nome àquele que o enviou”.

SAIBA MAIS

Como Maria é descrita nos evangelhos apócrifos?

Saiba o que está escondido no evangelho de Pedro

Texto: Nathalia Piccoli Edição: Ana Beatriz Garcia