É possível que os espíritos se apresentem com a forma de animais?

No filme "Lembranças de Outra Vida", podemos ver um cachorro que carrega o espírito de um homem. Mas, na vida real, espíritos ocupam corpos de animais?

None
FOTO: iStock/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/09/2016 às 15:04
Atualizado às 18:35

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O filme Lembranças de Outra Vida (em inglês, Fluke), de 1995, retrata a história do cachorro Fluke que, antes de ser um filhote, era um homem – enlouquecido pelo trabalho – chamado Thomas, que morreu em um acidente de carro. Contudo, a questão que fica é: na vida real, seria possível que espíritos se apresentassem em forma de animais?

Fluke espiritos homens

FOTO: Reprodução

A resposta está em O Livro dos Médiuns, de Allan Kardec: “isso pode acontecer, mas são sempre espíritos inferiores os que tomam essas aparências. Mas seriam sempre, em todos os casos, aparências passageiras, pois seria absurdo acreditar que um animal pudesse ser a encarnação de um espírito. Os animais são sempre animais e nada mais do que isso”.

Kardec complementa: “somente a superstição pode levar a crer que certos animais são encarnações de espíritos. É necessário ter uma imaginação muito condescendente ou muito impressionável para ver algo de sobrenatural nas atitudes às vezes um pouco estranhas que eles tomam, mas o medo frequentemente faz ver aquilo que não existe. Aliás, o temor nem sempre é a fonte dessa ideia”.

fihote e cadela brancos

FOTO: iStock/Getty Images

Dessa forma, ele cita o exemplo de uma senhora muito inteligente, que estimava demais um gato preto, acreditando que ele possuía uma natureza sobrenatural. Entretanto, ela nunca tinha ouvido falar sobre Espiritismo. Segundo Kardec, “se o tivesse conhecido, compreenderia o ridículo da causa de sua predileção, pois a doutrina lhe provaria a impossibilidade dessa metamorfose”.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Edição: Érica Aguiar Arte: Guilherme Laurente