Diretores consagrados para entrar na sua lista de filmes!

A seguir, você encontra os perfis de diretores consagrados e outros que continuam provando, filme após filme, o seu talento.

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/10/2016 às 06:00
Atualizado às 18:48

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Até pouco tempo, os diretores eram apenas mais um membro da equipe. Hoje, eles são essenciais para a produção de um filme. A seguir, você encontra perfis consagrados e outros que continuam provando, filme após filme, o seu talento.

Christopher Nolan, uma mente inquieta


Parte da safra jovem de diretores americanos, Christopher Nolan tem 45 anos e – apesar da pouca idade – foi capaz de dar vários nós na cabeça do público. Além de ter dirigido filmes como A Origem (2010), Interestelar (2014) e Amnésia (2000), ele ainda esteve à frente de três filmes da série Batman (de 2005 a 2012). Deu pra ver que o currículo é de peso. Nolan tem quase 20 indicações a diversos prêmios do cinema, tendo vencido seis, e possui uma carreira bastante extensa pela frente. Em 2017, o diretor vai apostar em um novo título – Dunkirk, e você pode conferir no trailer acima. A estreia está prevista para 27 de julho.

Quentin Tarantino: ação e muito sangue!


Misture cenas alucinantes, cheias de loucura, violência e muita ação. O resultado? Quentin Tarantino. Com inspiração vinda direto de sua vivência em uma locadora de filmes superviolentos e produções B sobre crimes. O diretor estreou com sucesso: Cães de Aluguel (1992) e Pulp Fiction (1994) – pelo qual venceu o Oscar de Melhor Roteiro Original – já chegaram como filmes revolucionários na cena independente do cinema nos Estados Unidos. Outros sucessos vieram, sempre com a mesma pegada de ação extrema, como em Kill Bill (nas duas sequências, 2003 e 2004). Em 2009, nos surpreendemos com Bastardos Inglórios, estrelado pelos incríveis Brad Pitt e Christoph Waltz – que na época recebeu, entre outros prêmios, o Oscar de Melhor Ator Codjuvante. Sua última produção, Os Oito Odiados (2015), recebeu o Oscar de melhor trilha sonora original.

Iñárritu


Filmes densos, brutos, às vezes cruéis, mas que renderam o Oscar de Melhor Diretor em 2015 e 2016, com Birdman (2014), estrelado por Michael Keaton e O Regresso (2016) com Leonardo DiCaprio. O responsável por esse feito é Alejandro González Iñárritu, um mexicano que produziu seu primeiro curta-metragem lá em 1995. Em 2002, o diretor ficou conhecido por dirigir um projeto cinematográfico que narrava os atentados ao World Trade Center, nos Estados Unidos. Antes disso, Iñárritu dirigiu Amores Imperfeitos (2002), que o levou a Hollywood para estar à frente dos filmes 21 Gramas (2003) e Babel (2006).

TEXTO: Carolina Firmino. EDIÇÃO: Jessica Mobílio

LEIA TAMBÉM