Veja 5 dicas para descobrir se você está sendo manipulado

Você está com uma pulga atrás da orelha e desconfia que está sendo manipulado pelo outros? Conheça algumas dicas e sinais para desvendar esse mistério

None
Foto: Divulgação

por Vítor Ferreira
Publicado em 25/10/2016 às 11:57
Atualizado às 11:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você está desconfiada de que pode estar sendo manipulada? Que alguém quer controlar você indiretamente, influenciando seu modo de pensar e agir por meio de estratégias muito bem pensadas? Saiba que isso é mais comum do que imagina e, várias vezes, não conseguimos identificar essas intervenções em tempo de reverter a situação. Na verdade, segundo algumas pesquisas, estamos expostos a todo instante a algum tipo de dominação e ilusão.

manipular

Foto: Divulgação

Os controladores mais comuns estão presentes dentro do núcleo familiar, já que, geralmente, são eles que acreditam ter o poder de direcionar o comportamento dos mais próximos. Pessoas manipuladoras distorcem pensamentos, desejos e atitudes das suas vítimas, encaixando-os da maneira como melhor lhes convém. Moldando assim quem querem para que a pessoa sirva aos seus próprios fins. Pavoroso, não é mesmo?

Quer saber se está sendo manipulado pelo seu parceiro ou família? Confira essas dicas:

1. Responsabilidade

casal-briga

Foto: Divulgação

O manipulador sempre tentará deixar o mais claro possível que você não tem capacidade ou estrutura para controlar sua vida e emoções. Ele tentará convencê-la de que seus pensamentos não conseguem seguir uma linha lógica e são muito caóticos, deteriorando a relação entre ele e você.

Para piorar a situação e deixá-la ainda mais vulnerável, o manipulador jogará toda a culpa de seus sentimentos nas suas costas, ou seja, responsabilizará você sobre tudo o que acontecer enquanto estiverem juntos. Caso ele esteja triste, provavelmente é porque você o fez ficar assim. Algo deu errado? De quem é a responsabilidade? Obviamente que é sua!

2. Culpa

A sensação de culpa é constante e, embora descontínua, sempre estará presente na relação. Não importa de quem partiu a atitude ou a situação, na hipótese de você fazer algo que não lhe agrade ou fuja da sua vontade, ele provavelmente usará esse artifício. Um controlador é especialista em distorcer a realidade e mudar a situação em seu favor, para que o outro se sinta responsável.

Algumas circunstância e frases típicas são: “Você vai sair e me deixar sozinho?“, “A comida estava ótima, mas achei que íamos comer algo especial, diferente”, “Eu não gostei muito, mas se te faz feliz mesmo que signifique deixar de lado o que quero, então está tudo bem”. Assim, aparentando ser uma pessoa amorosa e dedicada, ele reverterá a situação em seu favor. O jogo das palavras é perigoso.

3. Dúvida

mulher-duvida

Foto: Divulgação

Os manipuladores baseiam sua força na insegurança das pessoas. Quando você passa a não confiar mais em si mesma é o momento no qual eles se sentem donos da sua vida, controlando seus desejos e ações. São ótimos observadores e detalhistas, captando e jogando na cara todos os seus pontos fracos e erros que cometeu, evidenciando como eles teriam feito bem melhor. Deixam claro que com a ajuda deles você irá mais longe e conseguirá realizar feitorias superiores. Criam a ilusão de que se preocupam com o seu bem-estar, quando, na verdade, querem atingir os seus objetivos pessoais. Além de tornar necessária a consultoria de suas opiniões sobretudo para se sentir mais segura, ficando à frente das decisões.

4. Ilusão

Quando começamos um relacionamento é bastante normal explicarmos com clareza nossas exigências e estabelecer alguns combinados. Afinal, há diversos compromissos que devemos seguir quando nos unimos à outra pessoa. A situação deixa de ser normal quando um lado precisa abdicar de tudo o que quer e seus planos em detrimento do outro. Caso as necessidades do parceiro estejam sendo atendidas com maior frequência do que as suas, você pode estar sendo manipulada. Toda relação deve ter um equilíbrio e não um sobressaindo diante do outro. Camuflando a realidade, ele consegue transformar seu ideal no dele e faz você acreditar que isso é o melhor a ser feito.

5. Mecanismos

olhar-nos-olhos

Foto: Divulgação

Existem alguns elementos dos quais o manipulador se utiliza para convencer e influenciar a vítima a seguir aquilo que ele deseja. Passar a mão nos ombros e olhar diretamente para os olhos de alguém desarma qualquer um, pois torna a situação mais aprazível e contínua. Falar rapidamente e fazer diversos questionamentos seguidos confundem o ouvinte, fazendo-o perder a linha do raciocínio e tomar atitudes por pressão.

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.