Veja as correntes mais bizarras do Whatsapp e saiba como não ser enganada por elas

Saiba como se proteger de possíveis golpes e notícias falsas: veja a verdade por trás das correntes compartilhadas pelo whatsapp!

None
Foto: iSotk.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/06/2016 às 15:28
Atualizado às 08:47

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres
Foto: iSotk.com/Getty Images

Foto: iSotk.com/Getty Images

O WhatsApp é um dos aplicativos que mais fazem parte do cotidiano dos brasileiros que usam smartphones. Prova disso é a repercussão quando o aplicativo é bloqueado no país. Além de ser uma plataforma muito prática para se comunicar com amigos, família e companheiros de trabalho, usuários do WhatsApp aproveitam para lançar e viralizar boatos sobre diversos assuntos. Alguns são de forma muito bizarra. Confira!

WhatsApp Plus

Muitas correntes circulam comentando sobre um aplicativo “WhatsApp Plus”, que seria uma versão aprimorada e com mais benefícios do WhatsApp. Esse aplicativo não tem ligações com o WhatsApp, que não dá suporte ao Plus e chega a banir quem utiliza o programa.

WhatsApp será pago

Celular com WhatsApp

Foto: iStock.com/Getty Images

Outro boato muito constante é de que o WhatsApp passará a ser pago, e para evitar as mensalidades ou anuidades seria preciso repassar uma mesma mensagem para muitas pessoas. O aplicativo já chegou a ser pago, mas a empresa cancelou essa decisão no começo desse ano.

Toque de recolher

Já ocorreram diversos anúncios falsos de toques de recolher, incluindo áudios de pessoas se passando por integrantes de organizações criminosas. Em agosto de 2015, um boato de toque de recolher causou na prisão de um jovem em Campinas (SP), sob acusações de falso alarme de pânico e apologia ao crime.

Filho de Lula

Boato do WhatsApp

Foto: Reprodução

A família do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva é bastante comentada no WhatsApp. Tudo isso porque um de seus filhos sempre é mencionado como dono de grandes empresas, como a Friboi e a Telegram. No caso de dúvidas, basta pesquisar no site das empresas.

WhatsApp vai parar de funcionar no Brasil

No mês de maio, surgiram rumores de que o aplicativo iria parar de funcionar no Brasil, devido aos recentes bloqueios. A informação seria dada por um executivo chamado Terry McAlyrio e divulgada pelo jornal New York Times. O nome é inventado e a matéria não existe.

Novos emojis

Existem mensagens de spam (mensagens indesejadas) que anunciam um novo pacote de emojis disponíveis para o WhatsApp através de um link. Tome cuidado ao clicar nesses links: eles podem instalar aplicativos em seu celular que roubem informações privadas.

Falsos cupons

Falso cupom

Foto: Reprodução

McDonald’s, Burger King, Starbucks… essas são apenas algumas redes que possuem falsos cupons de descontos divulgados no WhatsApp. O desconto para o clique pode ser tentador, mas a maioria dos links não representam as lojas.

VEJA TAMBÉM

Qual seria a corrente de cada signo no Whatsapp? Descubra!

Teste: Quem é você no Whatsapp?

E como não cair?

Gif WhatsApp

Já que existe esse grande fluxo de boatos, é importante saber reparar em notícias falsas para não ser enganado. Veja algumas dicas.

Confira as fontes

Sempre preste atenção nas fontes do boato. Se o texto diz que certo jornal divulgou, procure sobre o assunto no site do jornal. Se não há a divulgação da fonte, procure informações em sites e portais de notícias que são de sua confiança.

Não há a necessidade de repassar correntes

Não, repassando a mensagem para vinte amigos não vai fazer com que seu WhatsApp melhore ou que a corrupção acabe no país. O que pode acontecer é que as pessoas que receberam as correntes fiquem com raiva de você.

Não clique em qualquer link

Tome muito cuidado quando um link é enviado. Ao clicar, você pode baixar arquivos indesejados para seu celular. Uma alternativa é instalar um aplicativo de antivírus, para bloquear ameaças. Existem muitas boas opções gratuitas, como o Avast e o AVG.

Procure ajuda no próprio WhatsApp

Logo do WhatsApp

Foto: Divulgação

Se as dúvidas forem recorrentes, o próprio aplicativo pode te ajudar. O site WhatsApp tem uma seção de perguntas frequentes, que esclarecem perguntas sobre spam e serviços pagos.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.