Conheça a história de Ramsés II, o faraó do Êxodo

Além das lendas e mitos sobre sua vida, o faraó Ramsés II entrou para os livros como o faraó que melhor representa o esplendor da civilização egípcia.

None
Estátua de Ramsés II no Egito

por Redação Alto Astral
Publicado em 28/07/2016 às 08:12
Atualizado às 16:55

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Além das lendas e mitos sobre sua vida, o faraó Ramsés II entrou para os livros como o faraó que melhor representa o esplendor da civilização egípcia.

Estátua de Ramsés II no EgitoFOTO: Reprodução

Trajetória

Sua família não era de origem nobre, porém, seu avô, Ramsés I, general do faraó Horemheb, foi nomeado seu sucessor e, posteriormente passou o trono à Ramsés II. Foi o terceiro faraó da 19ª dinastia egípcia. Seu reinado foi o mais longo da história egípcia (67 anos), além de ser um dos mais prestigiosos em diversas áreas, como econômico, administrativo, cultural e militar.

Apesar de ter existido 11 Ramsés no reino do Egito, apenas Ramsés II é chamado de Ramsés, o Grande. O faraó fundou uma nova capital no norte do Egito e encheu seu território de monumentos aos deuses, além de manter a paz do reino por cerca de 50 anos. Especula-se que teve oito mulheres, além de amantes, totalizando quase 200 filhos.

Legado

Os monumentos e o desenvolvimento da civilização egípcia são os maiores marcos desua soberania. Ele ainda é considerado como o faraóque enfrentou Moisés e as 10 pragas que culminaram no Êxodo, a libertação dos hebreus relatada na Bíblia.

VEJA TAMBÉM

5 heranças dos egípcios para a sociedade contemporânea

Conheça a história de Cleópatra

Conheça 5 fatos sobre o faraó Tutancâmon

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.