Como funciona o paladar?

Graças ao paladar, conseguimos identificar o sabor dos alimentos assim que tocam a língua. Conheça os tipos de sabores e entenda como funciona o paladar.

None
FOTO: IStockphoto.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/08/2016 às 10:04
Atualizado às 18:10

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O paladar é um dos cinco sentidos, junto com visão, olfato, audição e tato. Graças a ele, conseguimos identificar o sabor dos alimentos assim que tocam a língua e saber se gostamos dele ou não. Conheça os tipos de sabores e entenda como funciona o paladar.

criança tomando sorvete

Curiosidade

O sabor está relacionado ao gosto, ao aroma e ao tato do alimento. Por isso que pessoas gripadas  (com o nariz congestionado, mas paladar inalterado) não conseguem sentir muito bem o sabor.

Cuidado!

Na Antiguidade, os sabores básicos davam dicas de quais alimentos poderiam ser bons para a saúde. O azedo podia indicar que o alimento estava estragado e o amargo, que era venenoso.

Mapa da língua

A ideia de que cada região da língua percebe um sabor é um mito. O que acontece é que algumas regiões conseguem sentir melhor alguns sabores: azedo nas laterais, amargo no fundo, salgado e umami na frente e doce na ponta. Mas a língua toda é capaz de detectar todos os sabores.

Criança comendo maracarrão

Sabor oriental

Os quatro sabores básicos são doce, salgado, amargo e azedo. Porém, um cientista japonês descobriu um quinto sabor: o umami, um gosto encontrado em carnes, queijos, tomates e algas marinhas.

Criança

Mecanismo complicado

O reconhecimento dos sabores não é algo muito simples: as papilas e os botões gustativos da língua enviam a informação para o cérebro, que processa os sabores básicos e transmite os sinais com a resposta, ou seja, com o gosto que a gente sente.

Ardido

Ao comer pimenta, o cérebro considera a dor como um aspecto do sabor.

Criança comendo algo azedo

Veja também
Cérebro: confira 5 mitos e verdades sobre o órgão
6 fatos que você não sabia sobre o cérebro
Fique por dentro: trava-língua!

Você sabia?

1 – O céu da boca (palato) também consegue identificar sabores.
2 – A substância que não provoca as sensações do paladar (sem sabor) é chamada insípida.
3 – A língua tem cerca de nove mil botões gustativos.
4 – O cérebro demora dois segundos para identificar o sabor amargo e 14 de segundo para acertar o salgado.
5 – Cada um tem um paladar diferente, por isso, não gostamos das mesmas coisas.
6 – Quem tem paladar apurado é chamado de superprovador.

Texto: Bárbara Morasco/ Colaboradora Revisão: Jessica Mobílio

ASSINE NOSSA NEWSLETTER