ENTRETENIMENTO

#MarilynEterna: Relembre os casamentos de Marilyn Monroe

Marilyn Monroe, um dos maiores ícones culturais dos Estados Unidos, teve três casamentos ao longo de sua vida, relembre os relacionamentos da modelo

None
FOTO: Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 05/08/2016 às 16:53
Atualizado às 17:39

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Marilyn Monroe faleceu há exatos 54 anos na cidade de Los Angeles, Califonia. A atriz foi um foi dos maiores ícones da cultura popular americana. Durante sua vida, a atriz e modelo teve três casamentos, em relacionamentos vigiados de perto pela imprensa.

marilyn monroe com james dougherty casamentos casal maridos

James Dougherty e Marilyn Monroe. FOTO: Wikimedia Commons

O gosto pela carreira artística levou Marilyn a fazer aulas de teatro. No entanto, isso desagradou seu primeiro marido, James Dougherty, com quem a atriz se casara com 16 anos. Após cumprir seu período de serviço na Marinha, ele a obrigou a escolher entre o casamento e a carreira. Marilyn então se divorciou em 1946. Um tempo depois, tingiu o cabelo de loiro e adotou seu nome artístico.

marilyn monroe joe dimmagio se beijando maridos

Joe DiMaggio e Marilyn Monroe. FOTO: Wikimedia Commons

Em 1955, durante as filmagens da comédia O pecado mora ao lado, a atriz posou para a sua foto mais icônica, sobre o respirador do metrô de Nova York. Pouco tempo depois, casou-se com o jogador de beisebol Joe DiMaggio, com quem permaneceu apenas nove meses. O ciúme do esportista colocou fim ao relacionamento.

marilyn monoe arthur miller casal casamento marido

Marilyn Monroe e Arthur Miller. FOTO: Wikimedia Commons

Em 1956, Marilyn voltou a se casar, dessa vez com o dramaturgo Arthur Miller. No entanto, a relação chegou ao fim em 20 de janeiro de 1961, no dia da posse do presidente dos EUA, John F. Kennedy – com quem teve um caso.

O casal teria escolhido essa data para não ter ampla repercussão na mídia, o que acabou não dando certo. Durante o relacionamento com Kennedy, o FBI chegou a grampear os telefonemas entre o casal e vigiar os locais onde se encontravam. A polícia sugeriu, inclusive, que o presidente terminasse seu caso com Marilyn, uma vez que já era compromissado e seu envolvimento com a atriz poderia acabar com sua reputação.

SAIBA MAIS

#MarilynEterna: Os irmãos Kennedy assassinaram Marilyn Monroe?

#MarilynEterna: três cenas inesquecíveis da musa do cinema

Texto: Redação Edição: Angelo Matilha Cherubini