ENTRETENIMENTO

De acordo com a Bíblia, quem foi Maria Madalena?

Pouco se sabe sobre a mulher que teve seus demônios expulsos por Jesus. Era prostituta? Adúltera? Apóstola? Saiba o que diz a Bíblia sobre Maria Madalena

None
FOTO: Cicero Moraes

por Redação Alto Astral
Publicado em 26/01/2017 às 14:36
Atualizado às 14:37

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Pouco se sabe sobre a mulher que teve seus demônios expulsos por Jesus. Ela era prostituta?Adúltera? Uma seguidora? Uma apóstola fiel? Ou então, quem sabe, foi esposa de Cristo e mãe de seus filhos? As passagens que mencionam Maria Madalena são pouquíssimas, e em quase todas elas teve uma participação minimizada pelo Catolicismo.

Mas, depois da morte de Cristo, ela foi pivô de muitas discussões sobre a verdadeira intenção da Igreja por causa dos textos apócrifos descobertos sobre ela – incluindo um Evangelho de Maria Madalena. Por isso, ela conseguiu atrair a atenção e despertou a curiosidade de muita gente. Afinal, qual é a verdadeira história de Maria Madalena?

Maria Madalena-mulher-bíblia

FOTO: Cicero Moraes

Maria Madalena

Os evangelhos canônicos trazem poucas informações a respeito da santa. Segundo o livro Evangelho de Judas e outros mistérios, de Sérgio Pereira Couto, o que se sabe é que ela era da cidade de Magdala, na Galileia, que ficava na costa ocidental do Lago Tiberíades, também conhecido como Lago da Galileia ou de Genesaré.

Segundo o reverendo Ageu Magalhães, não se tem a informação de quando Jesus e Madalena se conheceram, apenas a informação de que Jesus teria expulsado os sete demônios que habitavam seu corpo, o que a fez acreditar que ele realmente era o Messias.

Mas, o que eram esses sete demônios? Naquela época, muitos dos males físicos estavam relacionados a demônios. Epilepsia, surdez, mudez, loucura são os exemplos de endemoniados com estes males, explica o reverendo.

Jesus-Maria Madalena-bíblia

FOTO: iStock/Getty Images

Depois disso, ela aparece durante a crucificação, ao lado de Maria mãe de Jesus e de outras mulheres. E teve papel ativo durante a preparação do funeral de Cristo, quando voltou a Jerusalém para comprar e preparar perfumes para serem usados no ritual. Assim, logo de manhã após o sábado, Maria Madalena foi até o santo sepulcro, onde Jesus tinha sido sepultado, para ungir o corpo de Cristo, mas o encontrou vazio.

Segundo o Evangelho de João 20:12,17, Maria Madalena foi quem avisou os discípulos do desaparecimento do Messias e recebeu a notícia, dada pelos anjos, de que Cristo tinha ressuscitado.

Ela foi a primeira testemunha a ver o Salvador ressuscitado, que só depois apareceu para seus apóstolos. Dessa maneira, acabam todas as passagens nos evangelhos canônicos que citam Maria Madalena.

LEIA TAMBÉM

Texto: Júlia Prado  Edição: Nathália Piccoli