ENTRETENIMENTO

Barbeador é herança deixada pelos egípcios

Mais que templos, túmulos e pirâmides, o povo egípcio deixou como herança objetos que fazem diferença até os dias atuais. Saiba mais!

None
IMAGEM: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/08/2016 às 18:21
Atualizado às 17:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os que gostam da frase “faça amor, não faça a barba” já tem para quem endereçar a reclamação. Foram os egípcios os responsáveis pela criação do barbeador.

Parece que esse povo não tinha muito apreço por pelos do corpo, de modo que eles os raspavam assim como os da cabeça, ou deixavam o cabelo bem curtinho. Essa medida era um modo de aliviar o calor, pois moravam em uma região muito quente, um método de manutenção da higiene e também uma forma de status social.

Ser “liso” era considerado elegante, e aqueles mais “peludos” eram relacionados à camada mais pobre da sociedade. Assim, eles inventaram o primeiro modelo de barbeador, que era um conjunto de lâminas de pedra afiadas e fixadas em cabos de madeira. Posteriormente, elas foram substituídas por lâminas de cobre.

barbeador machucando

E com essas lâminas, todo cuidado é pouco! (FOTO: Reprodução)

SAIBA MAIS

5 heranças dos egípcios para a sociedade contemporânea

Set: saiba mais sobre esse deus da civilização egípcia

Texto:Redação Edição: Ana Beatriz Garcia Arte: Mary Ellen Machado