Atores da Globo que também já dirigiram filmes

Alguns atores da Globo se destacam pelas suas memoráveis atuações, mas não se contentam somente com isso. Conheça os atores que também dirigiram filmes.

None
Foto: Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 03/08/2017 às 16:16
Atualizado às 17:53

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Leandra Leal

A atriz já possui uma carreira consolidada, seja nas novelas da Rede Globo ou nos filmes em que atuou, passando pelas peças de teatro e prêmios conquistados. Agora, em 2017, Leandra deu um novo passo ao dirigir o seu primeiro filme, o Divinas Divas.

Imagem da atriz Leandra Leal, Globo

Leandra Leal fez sua estreia como diretora em 2017. Foto: Divulgação

Sinopse: Divinas Divas é um filme/documentário sobre Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujika de Holliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios, ícones da primeira geração de artistas travestis no Brasil dos anos 1960. Um dos primeiros palcos a abrigar homens vestidos de mulher foi o Teatro Rival, dirigido por Américo Leal, avô da diretora. O filme traz para a cena a intimidade, o talento e as histórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época.

Selton Mello

Selton é um dos atores mais famosos do cinema brasileiro. Tanto é que virou meme: sua participação em filmes é tão constante (e marcante) que a internet não perdeu a chance de ironizar. Como ator, Selton atuou em novelas da Globo e em mais de 30 filmes. Sua carreira como diretor também não é a de estreante, já possui 4 filmes em seu currículo: Quando o Tempo Cair (2005), Feliz Natal (2008), O Palhaço (2011) e O Filme da Minha Vida (2017).

imagem do ator e diretor Selton Mello, Globo.

A carreira de Selton Mello começou a decolar ainda em 1984, quando fez sua primeira novela para a Globo. Foto: Divulgação

Sinopse: Serras Gaúchas, 1963. O jovem Tony Terranova precisa lidar com a ausência do pai, que foi embora sem avisar à família e, desde então, não deu mais notícias ao filho. Tony é professor de francês num colégio da cidade, convive com os conflitos dos alunos no início da adolescência e vive o desabrochar do amor.

Marcos Paulo

O ator, morto em 2012, era um veterano das telonas e telinhas – e papéis memoráveis não faltaram eu sua carreira. Estreou como diretor em 2011 com o filme Assalto ao Banco Central, longa de muita repercussão e audiência.

Fotografia do ator e diretor Marcos Paulo, Globo

O ator, famoso pelas novelas da Globo, dirigiu o filme Assalto ao Banco Central. Foto: Divulgação

Sinopse: Barão (Milhem Cortaz) teve a grande ideia de ganhar muito dinheiro em pouco tempo ao cometer o crime perfeito, sem violência. Para tanto basta arrumar as pessoas certas, dispostas a receber R$ 2 milhões, botar o plano em prática e executar a façanha. Após cerca de três meses de operação, R$ 164,7 milhões foram roubados do Banco Central, em Fortaleza, no Ceará. Sem dar um único tiro, sem disparar um alarme, os bandidos entraram e saíram por um túnel de 84 metros cavado sob o cofre, carregando três toneladas de dinheiro. Foi o segundo maior assalto a banco do mundo.

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.