ENTRETENIMENTO

Medicamentos antidepressivos podem causar dependência?

Os medicamentos utilizados em diagnósticos de depressão são frequentemente apontados como causadores de dependência química, mas será que isso é verdade?

None
FOTO: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/08/2016 às 16:02
Atualizado às 18:13

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Há quem ache que os antidepressivos danificam o cérebro, que são a única forma de tratamento para a depressão e até que podem alterar a personalidade e causar dependência. Contudo, “os antidepressivos não causam dependência química, ou seja, apesar de alterar a atuação dos neurotransmissores, não ocorre uma alteração química no sistema nervoso fazendo com que o organismo só funcione sob o efeito daquele medicamento”, afirma a farmacêutica Sarah Vieira.

remedios depressao dependência

FOTO: Shutterstock

O que ocorre em alguns casos, segundo a especialista, é a dependência emocional que o paciente cria com o medicamento, fazendo parecer que, sem o remédio, a doença pode retornar.

“Há outro ponto importante a ser considerado: o paciente não deve parar de tomar esses medicamentos de forma abrupta, pois alguns tipos de antidepressivos estão relacionados com síndrome de abstinência. Essa síndrome envolve sintomas psicológicos e orgânicos, como ansiedade, explosões de choro, insônia, irritabilidade, além de poder causar náuseas e vômitos. O médico é a única pessoa que está habilitada a fazer o que chamamos de ‘desmame do antidepressivo’”, explicam Claudia Becker e Maria Tereza Santos Araujo, professoras do curso de farmácia da Universidade Anhembi Morumbi.

SAIBA MAIS

5 dúvidas sobre remédios para dor de cabeça

Câncer: o melhor remédio é a prevenção!

Meditação ajuda a reduzir os sintomas de ansiedade e depressão

Texto: Ana Beatriz Garcia Edição: Angelo Matilha Cherubini