ENTRETENIMENTO

Alexander Fleming, descobridor da penicilina, era maçom?

Saiba mais sobre a relação do consagrado químico Alexander Fleming e a Maçonaria, a sociedade secreta que, até os dias de hoje, desperta curiosidade

None
FOTO: Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/08/2016 às 18:20
Atualizado às 18:07

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Alexander Fleming, químico inglês consagrado pela descoberta da penicilina, deixou sua marca no mundo. O pesquisador revolucionou a medicina e contribuiu para que fossem salvas as vidas de muitos homens durante a Segunda Guerra Mundial. A descoberta lhe rendeu, junto à Florey e Chain, o Prêmio Nobel de Medicina, em 1945.

Alexander Fleming

FOTO: Wikimedia Commons

Alexander Fleming e a maçonaria

O destaque do cientista não se limita aos estudos. Na Maçonaria, ele também foi longe, tendo ocupado todos os cargos de uma loja – chegou ao grau 30 – foi iniciado na loja Maria 2682 e  se uniu a Loja Misericórdia 3286.

SAIBA MAIS

Winston Churchill foi membro da maçonaria? Descubra!

A maçonaria já chegou à lua… e você ainda não sabia

Qual o significado da arquitetura maçônica?

Texto: Redação Edição: Ana Beatriz Garcia Arte: Guilherme Laurente