Acusadas de intolerância religiosa, Simone e Simaria se defendem

Após polêmica em programa musical na televisão, Simone e Simaria são acusadas de intolerância religiosa e rebatem críticas

None
Foto: reprodução/Instagram/@simoneesimaria

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/08/2019 às 15:34
Atualizado às 15:34

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Na última terça-feira (6), as cantoras Simone e Simaria foram acusadas de intolerância religiosa após participarem de um episódio do Música Boa ao Vivo, exibido no Multishow.

Tudo começou quando as irmãs cantaram a música “Quero ser feliz também”, da banda Natiruts, e ignoraram o trecho “flores brancas, paz e Iemanjá”, que faz referência a matriz africana.

Acusadas de intolerância religiosa, Simone e Simaria se defendem

Acusadas de intolerância religiosa, famosas se defendem – Foto: reprodução/Instagram/@simoneesimaria

Depois de serem criticadas, as sertanejas decidiram se pronunciar e acabar com o mal-entendido: “eu nem sabia cantar aquilo”,  contou Simone.

“Eu disse: Simone, eu vou jogar pra tu, porque não sei cantar essa música não!”, continuou  Simaria. Depois disso, as celebridades defenderam a liberdade religiosa: “é a maior besteira do mundo! Meu amigo, se você quiser tocar o seu tamborzinho, toque o seu tamborzinho! Se quiser ajoelhar e ir para a igreja, vá para a igreja! Nós vivemos em um país livre e as pessoas têm que parar com isso. Se você é feliz na sua religião, está ótimo, está massa!”, encerraram.

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.