5 provas de que a corrupção está presente em nosso dia a dia

Enraizadas em nossa sociedade, favorecimentos, desvios, malandragens e abusos de poder são práticas de corrupção recorrentes ao longo da História

None
homem entregando dinheiro a outro de maneira escondida

por Redação Alto Astral
Publicado em 22/09/2016 às 12:10
Atualizado às 18:31

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Se engana quem pensa que a corrupção seja exclusividade dos poderosos da sociedade. Por mais que algumas práticas possam ser vistas com tolerância ou aparentemente inofensivas, o ato de corromper ou ser corrompido está em todas as camadas.

Sendo assim, confira cinco práticas que provam que a corrupção faz parte do cotidiano e está em quase todos os lugares:

homem entregando dinheiro a outro de maneira escondida

FOTO: Reprodução

1. Sonegação de imposto

A sonegação de Imposto de Renda, anualmente, gera um prejuízo na casa dos bilhões ao governo federal. Na hora de declarar aquela despesa, muitas pessoas tendem a alterar notas fiscais ou ainda tentam arranjar dependentes para que a mordida do leão seja mais leve.

2. Troco errado

Quem nunca foi à padaria e percebeu que o troco do pãozinho sagrado de cada dia veio com algumas moedas a mais? Uns optam por fingir que está tudo certo e até se vangloriam da malandragem, enquanto outros encaram a situação como “sorte”.

3. Compra de CNH

Aqui há um problema mais sério. As irregularidades podem ir desde a compra direta do documento até o famoso “molhar as mãos” dos fiscais na hora da prova prática de direção, o que prejudica a qualidade de condução do novo motorista, colocando em risco não somente sua vida, como a dos demais.

4. Pirataria

Talvez a mais disseminada das práticas. Incorporada de tal modo na sociedade, a pirataria nem sequer é vista como crime. Poucos sabem que as lojas e barraquinhas de CDs, DVDs, roupas e outros produtos falsificados ferem os direitos de marca e também direitos autorais.

5. Documentos falsos

Muitos menores de idade acabam barrados em determinadas festas e eventos, enquanto outros anseiam por consumir bebidas alcoólicas. Como saída, eles recorrem a RGs adulterados. Outra prática comum é ligada à falsificação de carteirinhas de estudante para pagar meia-entrada. Todos gostam de frequentar shows, espetáculos, jogos esportivos, e até o simples cineminha do final de semana, mas “os ingressos são muito caros”, justificam alguns.

LEIA TAMBÉM