4 fatos que você não sabia sobre a Antártida

O continente mais frio do mundo guarda algumas curiosidades que são muitos legais! Fique de olho em 4 fatos que você não sabia sobre a Antártida.

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/08/2016 às 10:03
Atualizado às 17:42

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A Antártida é o continente mais frio e com as mais duras condições climáticas de todo o globo terrestre. Mas, você sabia que existe pessoas que moram lá? E qual foi a temperatura mais baixa já atingida? Confira 4 fatos que você não sabia sobre a região mais gelada do mundo.

Alguém mora na Antártida?

Os residentes da Antártida são pesquisadores que, normalmente, não permanecem lá por mais de 1 ano seguido. Aproximadamente 400 pessoas vivem na Antártida durante o inverno. Já no verão, esse número pode aumentar em até sete vezes.

Qual foi a temperatura mais baixa registrada?

No inverno de 1983, o termômetro chegou a marcar -89,2ºC, na base russa Vostok. Foi o dia mais frio registrado na Terra!

paisagem-imensidao-gelo-urso-polar-caminhando

FOTO: Shuterstock.com

Existe turismo lá?

Os turistas chegam no litoral antártico em cruzeiros especiais. Esses passeios exóticos e caros são realizados desde 1950. Atualmente, o continente é visitado anualmente por milhares de pessoas de todo mundo.

Por que existe tanta atividade científica?

Os gelos são como uma espécie de biblioteca congelada: em suas rochas milenares ficou registrada grande parte da informação sobre o desenvolvimento da Terra. Por essa razão, é visitada por cientistas do mundo inteiro que vão realizar diversas pesquisas.

proantar-local-sede-de-pesquisa-na-antartida-neve

Sede do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR) na Ilha do Rei George. FOTO: Divulgação/ PROANTAR

Veja também
Férias de inverno: roteiro de 5 dias para curtir o Chile
As melhores pistas de esqui do mundo
5 alimentos que ajudam a melhorar sua imunidade no inverno

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.