ENTRETENIMENTO

Conheça 3 fatos que você não sabia

Como os vaga-lumes acendem? E o Cristo Redentor, como foi parar lá no alto do corcovado? Você sabe por quê os cabelos se arrepiam no frio? Descubra!

None
FOTO: Reprodução/RioTur

por Redação Alto Astral
Publicado em 02/08/2016 às 11:17
Atualizado às 16:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Existem alguns fenômenos que as pessoas não sabem muito bem como ou porquê acontecem. Como os vaga-lumes acendem? E o Cristo Redentor, como foi parar lá no alto? Você sabe por quê os pelos e cabelos se arrepiam no frio? Descubra as 3 curiosidades desvendadas:

Como o Cristo Redentor foi parar em cima do Corcovado?

É uma longa história. Primeiro, foi preciso desbravar a mata e chegar ao topo do morro, que está a 710 metros do nível do mar. Depois, era hora de construir uma estrada de ferro de quase 4 quilômetros para ter acesso ao local. Para fazer o monumento, foram esculpidos vários pedaços separadamente, que subiram de trem e, só lá no alto, foram colados para formar o Cristo, de braços abertos sobre a Baía de Guanabara. A estátua é uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo, sabia?

cristo-redentor-corcovado-noite

Veja também
3 coisas que todo mundo já se perguntou
3 respostas para perguntas que todo mundo já fez
Curiosidades: o que são os Minions?

Por que os cabelos ficam arrepiados no inverno?

O corpo humano tem várias reações biológicas no tempo frio para manter sua temperatura normal de 36º C. Uma delas é arrepiar os pelos (o que inclui os cabelos!), para o calor não ir embora. É como se eles formassem uma proteção para manter o ar quente perto do corpo, como um cobertor bem fininho. É para o seu próprio bem, então, não fique bravo quando o pente não der conta de abaixar suas madeixas.

cabelo-bagunçado-frio

Por que os vaga-lumes acendem?

Acredite se quiser: para namorar. A luz serve de guia para o macho e a fêmea se encontrarem durante os períodos de reprodução. Ela também ajuda o inseto a se defender, já que assusta possíveis predadores. O “efeito-lanterna” do vaga-lume é gerado por uma reação química e ele tem total controle sobre sua “lâmpada”.

vagalume-o-bom-dinossauro-piscando

Texto: Adriana Serrano/Colaboradora Revisão: Michelle Albuquerque