10 Curiosidades sobre as Olimpíadas de Londres 1908

Confira alguns dos fatos curiosos sobre as Olimpíadas de Londres 1908, a quarta edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna.

None
Estádio Olímpico de Londres, o primeiro projetado e construído especialmente para as Olimpíadas

por Redação Alto Astral
Publicado em 12/08/2016 às 12:08
Atualizado às 18:07

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Confira 10 curiosidade divertidas, ou nem tanto, sobre as Olimpíadas de Londres 1908, a quarta edição dos Jogos na Era Moderna.

Estádio Olímpico de Londres, o primeiro projetado e construído especialmente para as Olimpíadas

Estádio Olímpico de Londres, o primeiro projetado e construído especialmente para as Olimpíadas

  1. Até 1906, Roma estava programada como sede da quarta edição das Olimpíadas da Era Moderna. No entanto, os gastos do governo italiano com os estragos causados em Nápoles pela erupção do Vesúvio forçaram o país a desistir de promover o evento.
  2. Mesmo com pouco tempo de preparação, os ingleses foram impecáveis na organização das Olimpíadas de 1908. Uma grande surpresa foi a construção do White City Stadium, inicialmente chamado The Great Stadium, a primeira obra projetada especialmente para os Jogos Olímpicos.
  3. Londres construiu também a primeira piscina olímpica coberta da história. Assim, a natação saía de rios e mares e passava a ter tempos mais precisos. A piscina, porém, excedia os 50m oficiais adotados mais tarde.
  4. Pela primeira vez também, as delegações desfilaram sob suas bandeiras na cerimônia de abertura. Em seu discurso, Pierre de Coubertin imortalizou a frase “O mais importante não é vencer, mas sim participar”, de autoria do bispo da Pensilvânia Ethelbert Talbot.
  5. A política, como sempre, não ficou de fora e já na cerimônia de abertura ocorreram problemas. Os finlandeses desfilaram sem bandeira, pois na época o país era território russo. O império até permitira que disputassem como uma delegação à parte, desde que usassem a bandeira russa, o que foi recusado.
  6. Também os americanos aproveitaram para cutucar os ingleses, uma vez que vários atletas daquele país eram imigrantes irlandeses, que não concordavam com o tratamento que a coroa britânica dispensava à vizinha Irlanda.
  7. No campo esportivo, porém, as disputas foram mais leais e de nível técnico superior às duas edições anteriores, graças à organização e o estabelecimento de regras mais claras.
  8. Pela primeira vez a maratona, prova de maior prestígio do evento, teve um percurso de 42,195km. O acréscimo de 195 metros ocorreu para que a largada pudesse ser feita do Castelo de Windsor, a pedido do rei Eduardo VII, para que seus netos pudessem acompanhar o evento. A distância persiste até os dias atuais, não só em Jogos Olímpicos.
  9. Na semifinal dos 400m rasos, o americano John Carpenter foi desclassificado por supostamente ter usado de métodos Ilegais para impedir que o britânico Wyndham Halswelle o ultrapassasse. Como os outros três finalistas eram também dos EUA, em protesto pela eliminação do companheiro, decidiram não disputar a prova. Com isso, Halswelle correu a final sozinho e ficou com o ouro fácil.
  10. O Brasil, ainda longe de ter uma organização esportiva capaz de enviar atletas para os Jogos, não fopi representado. O país tinha como esportes mais “populares”, o futebol e as regatas, competições de remos que aconteciam em diversas cidades, incluindo São Paulo, onde as provas eram disputadas no então limpíssimo rio Tietê.

VEJA TAMBÉM

Curiosidades sobre as Olimpíadas de St. Louis 1904

História das Olimpíadas Paris 1900

História das Olimpíadas Atenas 1896

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.