Entenda o que dizem as escrituras da Bíblia Sagrada

Aprenda a compreender o que dizem as escrituras da Bíblia Sagrada e tenha muito mais bênçãos na sua vida

A foto mostra uma pessoa rezando apoiada em uma Bíblia Sagrada na igreja, novena sagrada
Foto: iStock.com/Getty Images

Rezar é conversar com Deus. Da mesma forma, quando lemos a Bíblia Sagrada, é como se fizéssemos uma oração. As escrituras nos ensinam a ter fé, esperança e sermos pessoas de bem. Nela, encontramos respostas para as principais perguntas sobre a existência da humanidade, bem como o propósito de estarmos aqui, como devemos viver neste mundo e o que ocorrerá conosco após esta vida.

Entre o céu e a Terra

A Bíblia pode ser considerada um elo sagrado, que tem como objetivo unir as pessoas a Deus e fazer com que elas possam reconhecê-lo como o grande Pai. Afinal, ela se denomina como a Sagrada Escritura:

“E que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.” (2 Timóteo 3: 15-17).

Para que possamos compreender melhor a Bíblia, devemos usar a presença do nosso espírito, da nossa intuição e da comunhão com Deus. Assim como temos que cuidar de nosso corpo diariamente, nosso espírito deve ser alimentado todo dia pela leitura da Bíblia e das orações que contenham a palavra do Senhor, para que nos seja dado crescimento para a salvação.

Por que a Bíblia Sagrada deve ser estudada?

Ela é a palavra de Deus, transmitida aos seus seguidores. Infelizmente, a maioria das pessoas ainda desconhece os poderes contidos na Bíblia. Clique nas imagens abaixo e aprenda a usar o que Deus lhe oferece nos momentos de necessidade:

Livro precioso

A Bíblia Sagrada é um conjunto de 73 livros, divididos em duas partes: o Antigo e o Novo Testamento. O termo testamento significa um pacto ou uma aliança. Esse pacto veio através de Moisés e, depois, firmado pelos apóstolos de Cristo. A primeira parte, refere-se à história de Israel e dos grandes profetas.

Já a segunda parte, é voltada para o cristianismo, a sua doutrina e a criação da sua igreja. No Novo Testamento, destacam-se os quatro evangelistas, que escreveram os evangelhos, cuja palavra traduzida ao pé da letra significa boas novas, pois relata a chegada do Messias, o Filho de Deus, que veio ao mundo para salvar a humanidade.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Alto Astral – Edição: Natália Dário e Giovane Rocha