Conto erótico: maravilhoso encontro com o homem que me conquistou (18+)

Veja o depoimento de uma estilista que teve uma grande experiência na loja em que trabalhava: uma encontro com o homem dos seus sonhos

Por Rafael Toledo - 18/05/2017
casal tirando a roupa. Mulher em encontro com o homem dos seus sonhos

Foto: Shutterstock Images

“Em determinada época da minha vida, passei a trabalhar em uma alfaiataria. Nesse momento, eu auxiliava o alfaiate em seu negócio para ter uma renda extra. Servia mais como aprendizado, já que era recém-formada em moda e precisava de uma base em corte e costura. Mas não foi apenas essa experiência que eu adquiri dentro daquele estabelecimento. O encontro com o homem pelo qual estive apaixonada por muito tempo, teve início ali.

Numa tarde chuvosa um homem com barba longa e já um pouco grisalha, entrou na loja meio molhado devido ao temporal que havia cessado há pouco. Ele teria um evento algumas semanas depois que exigia um traje a rigor e, para isso, ele foi até o alfaiate para a produção de um fraque. Eu já havia sido informada de que ele viria experimentar a peça, mas não sabia que seria aquele homem maravilhoso.

Assim que chegou, trocamos olhares prolongados. Estranhamente, ficamos encantados de maneira imediata.  Fizemos as apresentações meio sem jeito e, então, o guiei para o vestiário. Lá, ele fez questão de tirar toda aquela roupa molhada  para não prejudicar o fraque.  Meu chefe havia saído para uma entrega e, portanto, estávamos sozinhos na oficina.

Enquanto ele se trocava, começamos a conversar sobre tudo. O assunto fluiu rapidamente e ficamos a tarde inteira nos falando. Os temas variaram de vida profissional à amorosa. Chegando neste, pude descobrir que ele já era um cinquentão solteiro, que foi viajante durante a vida inteira e agora estava descobrindo o ritmo de uma vida mais calma.  Nesse momento, não pude deixar de notar que ele estava apenas de cueca através da porta entreaberta do vestiário. Aquela cena me excitou intensamente.

Um homem como aquele, com seus músculos ainda delineados mesmo com a idade, e com alguns ralos pelos no tórax, deixaria meu corpo arrepiado só de falar ao meu ouvido. Saindo do vestiário, ele não percebeu que eu estava tão próxima e se assustou, pedindo desculpas pelo ‘inconveniente’. Nesse momento, eu me aproximei e o beijei. Era paixão súbita! Ele retribuiu continuando o beijo com acréscimo das mãos enlaçadas na minha cintura.

Eu, então, o empurrei para dentro do vestiário e começamos a nos acariciar. Ele tirou minha roupa em um instante, enquanto com a dele eu nem tive problemas. Só arranquei sua cueca e comecei um excitante e molhado oral nele. Sua expressão era orgásmica!

Ele desceu pelo meu corpo por meio de lambidas quentes e eu quase cheguei à excitação final, mas me contive para o momento quando eu o sentiria dentro de mim. Aquele monumento me penetrou com todo o carinho e eu sentia seu membro deliciosamente entrando e saindo da minha vagina. Estávamos muito excitados, gozaríamos em pouco tempo.

As posições variaram. Apoiada ao espelho do vestiário, ele me penetrou com intensidade. Pouco tempo depois, ele gozou no meu cóccix. Meu ápice sexual foi provocado e cheguei ao orgasmo junto com ele. Após esse momento, ele me beijou com intensidade e declarou, em seguida,  que tinha companheira para uma próxima viagem”.

LEIA TAMBÉM