Emoções animais: descubra o que a ciência diz sobre isso!

Será que os animais têm emoções? Uns acreditam que sim, outros, mais céticos, juram que não. Mas, e a ciência? O que ela diz sobre isso? Descubra!

emoções animais-bichos-crianças
FOTO: Shutterstock Images

Pode ser cachorro, gato, passarinho, furão, hamster: quem tem bicho de estimação em casa teima em dizer que eles ficam tristes, felizes, com raiva, chateados com o dono, etc.

Para essas pessoas, nem são necessárias pesquisas científicas para comprovar que os animais têm, sim, sentimentos, e muitos parecidos com os dos humanos.

 

cachorro-dente-emoções animais

FOTO: Reprodução

 

Mas, para os mais céticos, a bióloga Jayne Poole realizou um estudo na África que sugere que a ação de alguns animais vai além do instinto. O experimento mostra que, entre os elefantes, há um sentimento de solidariedade comum ao grupo quando um de seus membros está ferido.

Durante a pesquisa, a manada atrasou sua marcha para ser acompanhada por um elefante com dificuldades, que foi alimentado para aguentar e ser capaz de progredir durante a caminhada. Atrasar a manada por causa de um único elefante ferido pode ir contra o instinto de sobrevivência do grupo.

 

elefante-emoções-mulher

FOTO: Reprodução

 

Cientistas acreditam que, mais do que instintos, alguns animais têm emoções e que elas podem conferir vantagens à conservação da espécie com atos coletivos de preservação.

 

LEIA TAMBÉM

 

Texto: Redação Alto Astral  Edição: Nathália Piccoli