Dor nas costas: descubra os tipos e os cuidados para se prevenir

Apesar de muito comum, você não precisa conviver esse desconforto. Saiba como!

Dor nas costas: descubra os tipos e os cuidados para se prevenir
Foto: Shutterstock

A dor nas costas é um problema que não escolhe idade ou sexo, podendo aparecer a qualquer momento da vida. Sedentarismo, má postura, estresse e excesso de peso estão entre as principais causas do desconforto. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 85% da população mundial tem algum tipo de dor nessa região. O número é alto e pode gerar preocupação. No entanto, na maioria dos casos, ela pode ser tratada em curtos períodos seguindo medidas simples.

Entre os tipos mais comuns de dor nas costas estão torcicolo, cervicalgia, lordose, escoliose e lombalgia. Vale lembrar que apenas um profissional capacitado poderá fazer o diagnóstico do problema e recomendar o tratamento adequado. Entenda um pouco mais sobre cada um desses tipos!

Foto: Shutterstock | Arte: Juliana Moreno

Torcicolo: consiste em um “mau jeito” na região do pescoço, fazendo com que a cabeça entorte para o lado contrário do lesionado. Repouso e bolsas de água quente são boas medidas para reverter o quadro.

Cervicalgia: dor crônica gerada pela contração muscular ou má postura. Tem como principais sintomas o desconforto ao mover os ombros e o pescoço. O problema exige o diagnóstico de um ortopedista.

Lordose e escoliose: curvatura anormal da coluna que pode refletir em dores nas costas, assim como em desconfortos nas vértebras, discos e articulações.

Lombalgia: incômodo na região lombar que pode ser originado pela falta de fortalecimento muscular ou hérnia de disco. Costuma gerar desconforto ao andar, sentar, fazer exercícios ou após longos períodos em pé.

7 cuidados para prevenir a dor nas costas

1. Mantenha a postura correta. Corrigir a postura é um exercício diário, porém faz toda a diferença no combate às dores nas costas – especialmente quando você estiver à frente do computador. “Quando a pessoa assume uma postura incorreta em atividades cotidianas acaba sobrecarregando algumas estruturas de sustentação da coluna, como músculos e ligamentos”, explica o ortopedista Marco Antonio Ambrósio.

2. Faça alongamentos. Além de aliviar tensões, eles são importantes para relaxar os músculos e aumentar a amplitude dos movimentos do corpo.

3. Evite carregar muito peso. Só nós sabemos o peso que uma bolsa feminina pode suportar, não é mesmo? Apesar de muito útil nos imprevistos do dia a dia, suas costas agradecem quando você evita carregar muito peso.

4. Pratique atividades físicas. Elas são fundamentais para fortalecer a musculatura e proteger a coluna, principalmente os exercícios abdominais. A recomendação é sempre procurar o acompanhamento médico e não exagerar na intensidade.

5. Cuidado ao dormir. Na hora do sono é importante considerar as características do seu colchão e travesseiro para prevenir a dor nas costas. O ideal é evitar dormir em superfícies muito “moles” e dar preferência a travesseiros mais baixos. Quanto à posição, a melhor é deitada de lado com uma almofada entre as pernas.

6. Evite o sobrepeso. Essa é uma das principais causas para as dores nas costas, pois o excesso de peso sobrecarrega a coluna, que tende a ceder com facilidade.

7. Mude de posição. A dica é procurar não permanecer sentada ou em pé por muito tempo seguido. De maneira geral, a recomendação é se movimentar durante 5 minutos a cada 1 hora parada!

Consultoria: Aderson Moreira da Rocha, reumatologista e acupunturista; Marco Antonio Ambrósio, ortopedista | Texto: Natália Negretti e Milena Garcia

Leia também: