Como utilizar seu dinheiro? 15 dicas para não estourar o orçamento!

Com 15 dicas para não estourar o orçamento do mês e da família, descubra como utilizar seu dinheiro de forma eficiente no dia a dia

porco-orçamento-finanças
FOTO: Shutterstock Images

Saber controlar o orçamento é um passo muito importante para não se endividar gastando mais do que deveria. No entanto, existem algumas dicas que podem ajudar a enxugar suas despesas e investir o dinheiro restante em outros projetos, visando uma vida confortável no futuro.

mulher-orçamento-cofre

FOTO: Shutterstock Images

A palavra é planejar!

A consultora Adriana Rodopoulos, da Oficina de Escolhas, explica que quem se organiza anualmente dificilmente estoura no fim do mês. Quando nos planejamos para o ano, nos obrigamos a pensar em despesas sazonais, e isso ajuda a manter a organização e evitar os ‘sustos’ ao longo do ano”, acrescenta.

Para saldar as dívidas, existem dois caminhos: reduzir as despesas e/ou aumentar as receitas. Se a ideia é seguir o primeiro, há vários métodos que afetam até mesmo os gastos fixos, por mais que esses pareçam difíceis de serem reduzidos. Por isso, selecionamos algumas dicas que podem ajudar a reduzir seus custos mensais, sejam eles fixos ou supérfluos.

 

Transporte

1 Pegue e ofereça carona

Se você tem um colega do trabalho que mora por perto e também possui um automóvel, que tal revezarem as caronas? Assim economizam combustível e contribuem para diminuir a poluição do ar.

2 Use o transporte coletivo

Recebe vale-transporte no trabalho? Que tal usar o valor no transporte coletivo? Com um bom planejamento nas atividades do dia a dia, você economiza nos seus gastos com o automóvel próprio.

porco-dinheiro-orçamento

FOTO: Reprodução

Alimentação

3 Faça uma lista

Antes de ir ao supermercado, olhe as mercadorias que possui na despensa e na geladeira e anote o que realmente precisa. Quando estiver no estabelecimento, procure seguir as suas anotações.

4 Evite pratos congelados

Além de conterem grandes quantidades de conservantes, prejudiciais à saúde, tais alimentos pesam muito no seu orçamento por serem caros. Prefira comprar os ingredientes e cozinhar em casa.

5 Alimentos da estação

Frutas e legumes da estação geralmente costumam ser mais baratos, então, tente aproveitar seus preços baixos. Alguns supermercados também possuem dias específicos em que fazem promoções no setor de hortifrúti.

alimentos-orçamento-frutas

FOTO: Shutterstock Images

 

6 Alimentação fora de casa

Por conta da distância da casa até o trabalho, muitas pessoas acabam almoçando fora. Caso não receba vale-refeição, tais gastos acabam pesando no orçamento. Assim, procure lugares que oferecem um bom custo-benefício, alimentando-se de forma saudável e econômica.

 

Compras

7 À vista

A maioria dos lojistas costuma oferecer descontos quando os valores são pagos à vista. Assim, você pode juntar a quantia necessária e negociar o preço com o vendedor. Muitas vezes, é possível conseguir descontos de 5% até 15%.

8 Consertar ou comprar?

Imagine que o forno de micro-ondas da sua casa deu problemas e não está funcionando. E agora, terá que comprar um novo? Não é bem por aí! Veja se o produto ainda está na garantia e tem direito ao conserto. Caso o serviço não esteja disponível, procure uma assistência técnica e solicite o orçamento. No entanto, antes de mandar arrumá-lo, consulte o preço de um aparelho novo e compare os valores. Às vezes, vale a pena consertar.

porco-orçamento-finanças

FOTO: Shutterstock Images

 

9 Lojas de departamento

Para quem procura roupas, móveis e utensílios para casa mais baratos, as lojas de departamento podem ser uma ótima saída por oferecerem seus produtos a preços menores do que outros estabelecimentos especializados.

10 Venda antes

Vai trocar o sofá da sala? Coloque o antigo à venda! Além de ganhar uma graninha, o valor pode ajudar a pagar algumas prestações do móvel novo.

 

Gastos Fixos

11 Economize água

Além de ajudar o planeta Terra, você diminui as suas despesas dentro de casa. Algumas dicas são tomar banhos rápidos, não deixar as torneiras abertas enquanto escova os dentes, ensaboa a louça ou faz a barba, e varrer o quintal e a calçada em vez de utilizar água.

12 Eletrodomésticos

Cuidado com os aparelhos em modo stand by, pois, mesmo desligados, consomem energia. O ideal é tirá-los da tomada. Já nos casos da máquina de lavar e do ferro de passar, procure utilizá-los apenas uma vez na semana. Atente-se também à temperatura (verão/inverno) do chuveiro, pois a mais quente tem maior consumo de eletricidade.

bolso-orçamento-dinheiro

FOTO: Shutterstock Images

 

13 No dia do pagamento

Procure pagar o aluguel, as contas de água, luz, telefone e até mesmo prestações no dia em que seu salário for depositado. Tal tática ajuda a ter mais noção sobre a quantia disponível que você ainda tem para gastar no mês.

 

Diversos

14 Aproveite os serviços

Muitos seguros e cartões de créditos oferecem serviços como guincho, chaveiro, eletricista e encanador. Para isso, basta verificar as possibilidades oferecidas no seu contrato. Tais benefícios, que muitas vezes acabamos nos esquecendo, podem ajudar na economia dentro de casa, no caso de uma porta emperrada ou um cano furado.

15 Anote as despesas

Mantenha um caderninho, uma planilha ou até mesmo um aplicativo no celular para controlar suas despesas, sejam elas fixas ou supérfluas. O propósito de anotar é ficar por dentro de tudo que o que acontece na sua vida financeira.

 

LEIA TAMBÉM

 

Texto: Erica Aguiar  Edição: Nathália Piccoli

CONSULTORIA: Adriana Rodopoulos, consultora e proprietária da Oficina de Escolhas (oficinadeescolhas.com.br), em São Paulo (SP); Hélio Donin Jr., contador e diretor da Donin Contabilidade (www.donin-rnc.com.br).