Como parar de roer unhas: confira dicas infalíveis

O que pode começar com uma simples mania, pode se tornar um hábito muito difícil de ser superado. Veja aqui algumas formas de como parar de roer as unhas.

imagem de metade de uma mulher roendo as unhas
Roer as unhas pode se tornar um hábito muito difícil de ser controlado. Foto: Shutterstock

Roer as unhas geralmente começa com uma simples mania, mas pode virar um hábito dos mais difíceis de controlar. Em geral, pessoas ansiosas ou inseguras são as que mais sofrem com esse problema. Em muitos casos, as unhas podem ficar com aspecto diferente quando crescem. “A onicodistrofia (alteração do aspecto) aparece quando há lesão da matriz, ou seja, o trauma na raiz da unha”, explica a dermatologista com especialização em medicina estética Daniela Landim.

imagem de metade de uma mulher roendo as unhas , matéria sobre como parar de roer unhas

Roer as unhas pode se tornar um hábito muito difícil de ser controlado. Foto: Shutterstock

Tratamentos

São muitos os que procuram clínicas médicas e dermatológicas para acabar com o hábito. Outros tentam simpatias, dicas da internet e produtos caseiros. No consultório, os tratamentos variam, pois depende da patologia apresentada pelo paciente. “Sempre oriento a fazer atividade física, técnica de relaxamento, ioga e, muitas vezes, encaminho à terapia cognitiva comportamental e avaliação psiquiátrica”, afirma Daniela.

Unha feita

Ao contrário do que muita gente pensa, usar esmalte não impede que você roa a unha. O que acontece, às vezes, é você não roer para não estragar a unha feita. Colar adesivos sobre as unhas ajuda a abandonar a prática de mordê-las. Além de ficar mais difícil, a sensação não é a mesma. Usar unhas postiças ou de porcelana também, afinal você não vai conseguir mordê-las.

Esmaltes amargos

“Existem alguns esmaltes próprios, com fórmula específica, que inibem esse mau hábito”, garante Elaine Carvalho, manicure. Já as receitinhas caseiras, como passar pimenta na ponta dos dedos, podem funcionar inicialmente, mas não são uma garantia que você nunca mais vai roer as unhas: “o problema desses métodos caseiros é que eles não são mantidos por muito tempo”, lembra a dermatologista Ana Momesso.

Texto: Larissa Faria
Consultoria: Ana Momesso, dermatologista; Daniela Landim, dermatologista com especialização em medicina estética e Elaine Carvalho, manicure.

LEIA TAMBÉM: