15 dicas simples para juntar dinheiro em tempos de crise

Com pequenas atitudes diárias, você poderá conquistar o que deseja e ter maior liberdade financeira

como juntar dinheiro
Foto: Shutterstock

Em tempos de crise, guardar aquela grana extra fica cada vez mais difícil, não é mesmo? Porém, existem pequenas atitudes que, quando colocadas em prática, podem gerar grandes resultados – especialmente na sua poupança. Saber como juntar dinheiro é mais do que um desejo, e, sim, uma questão de organização e motivação.

Se, assim como milhares de brasileiros, você também busca economizar agora, para colher os investimentos no futuro, saiba que há algumas maneiras fáceis de atingir tal objetivo. Crie sua reserva com as dicas do economista Giridhari Das para sair do vermelho e conquistar a tão esperada liberdade financeira.

Aprenda como juntar dinheiro no dia a dia

1. Estabeleça metas

Quando não traçamos nossos objetivos, é difícil projetar grandes coisas a longo ou curto prazo. Pegue um papel e faça duas colunas: uma com as coisas que você PRECISA e outra com as coisas que você QUER. Assim, fica mais fácil visualizar suas metas e vontades!

2. Pense antes de comprar

Já parou para pensar em quantas vezes você acaba comprando coisas por impulso? É hora de deixar isso para trás, principalmente se quer saber como juntar dinheiro. Quando entrar em uma loja e ver algo que te chame atenção, pense: “eu realmente preciso disso?”. Se a resposta for não, devolva e deixe pra lá – a vontade iria passar assim que você deixasse o estabelecimento.

3. Registre

Registre suas receitas (aquilo que você ganha) e despesas em um caderninho ou aplicativo para celular. Dessa forma, você consegue ter uma visão geral dos gastos no final do mês. Opte, também, por segmentar cada destino do seu dinheiro, como: contas fixas, cartão, Uber, mercado.

4. Siga a lista do supermercado

Ir ao mercado para comprar “uma coisinha” sem anotar é um dos maiores erros de quem deseja juntar dinheiro. Faça uma lista do que você realmente precisa e não desvie dela. Pode ser tentador, mas pense lá na frente.

5. Pesquise e compare

Antes de efetuar uma compra, pesquise produtos iguais ou semelhantes e compare os preços. Embora pareça uma tarefa árdua e chata, aos poucos, o lucro fica evidente. Além de você acabar criando um olho clínico para certos gastos que parecem ser exagerados.

6. Deixe o cartão de crédito na gaveta

Nada de criar parcelas que duram uma vida ou deixar para pagar depois. Isso é uma das principais armadilhas para quem está seguindo a experiência de como juntar dinheiro. Procure sempre comprar à vista – talvez você até consiga um desconto.

7. Ignore as ofertas

As placas vermelhas de desconto das vitrines chamam sua atenção? Ignore! Compre apenas aquilo que você realmente precisa e não gaste dinheiro apenas para aproveitar aquela promoção. Lembre-se: a publicidade está sempre te tentando a seguir o que ela quer.

8. Coma em casa

Começar a cozinhar, além de ser um hábito muito saudável, ajuda a economizar dinheiro com restaurantes, cafés e lanchonetes. Um projeto legal é preparar, aos domingos, várias marmitas para a semana e deixá-las no congelador.

9. Faça um cofrinho

Comece a juntar seus trocos e guarde em um cofrinho. Hoje em dia, parece algo surreal guardar moedas, mas, no final do ano, você poderá encontrar um valor que fará a diferença em algum momento.

10. Guarde 10%

Toda vez que efetuar uma compra “aleatória”, ou seja, algo que você adquira apenas por vontade, guarde 10% do valor total gasto. Por exemplo: se você comprou uma bolsa de R$200,00, deposite na sua poupança R$20,00.

11. Apague a luz

Parece clichê, mas economizar energia elétrica pode fazer uma grande diferença no final do mês. Apague as luzes quando sair de um cômodo, tire os eletrônicos da tomada e utilize apenas quando necessário.

12. Venda

Comece uma limpa no armário e faça um bazar em casa. Você pode vender itens pela internet ou para sua vizinhança. E que tal começar a fazer marmitas, salgados ou doces para fora? Ser uma empreendedora é libertador e pode te ajudar a juntar uma grana extra no final do mês.

13. Vá de bicicleta

Seu trabalho é próximo da sua residência? Vai visitar um colega que mora não tão longe? Economize o valor da gasolina ou do transporte público e comece a andar de bicicleta. Além de guardar dinheiro, você estará contribuindo com o meio ambiente e ainda praticará uma atividade física.

14. Tenha lazer barato

Saia ao ar livre e aproveite o que sua cidade tem a oferecer. Vale pesquisar eventos gratuitos, ir à parques, praças, clubes abertos ao público… O que for mais divertido para você.

15. Pague contas em dia

Juros nunca mais! Pague suas contas sempre em dia e garanta a economia no final do mês. Mesmo que no começo as coisas fiquem apertadas, lembre-se de que no final, você estará livre de cobranças e poderá se programas para os próximos dias.

Leia também: