Dia Mundial do Coração: os benefícios das frutas vermelhas para o órgão

Saiba mais sobre esse tipo de alimento poderoso contra as doenças cardiovasculares!

Dia Mundial do Coração: os benefícios das frutas vermelhas para o órgão
Foto: Shutterstock

Hoje, 29 de setembro, é comemorado o Dia Mundial do Coração. A data foi criada para alertar e conscientizar a população sobre a importância de manter hábitos saudáveis para preservar a saúde do órgão. Vale lembrar que as doenças cardiovasculares são a principal causa de mortes no mundo, segundo o Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além da prática regular de atividades físicas, uma alimentação balanceada é fundamental para a manutenção da saúde do coração. Entre os alimentos que são grandes aliados estão as frutas vermelhas, ideais para prevenir enfermidades. A nutricionista Vanessa Minossi conta as vantagens de consumir cada uma das vermelhinhas e suas propriedades. Confira!

Descubra o poder dessas frutas no Dia Mundial do Coração

Dia Mundial do Coração: os benefícios das frutas vermelhas para o órgão
Foto: Shutterstock

Morango

O morango é uma ótima fonte de vitamina C, catequinas (antioxidantes) e compostos fenólicos. Além de ser delicioso, seu consumo é associado à redução dos níveis de colesterol ruim (LDL).

Uva

A uva possui ação antioxidante e anticancerígena. “Sua casca tem uma substância cardioprotetora chamada resveratrol, que ajuda no controle do colesterol, na diminuição da formação de coágulos sanguíneos e na prevenção da trombose”, explica Vanessa.

Framboesa

A framboesa é rica em sais minerais, vitaminas e fibras solúveis. Além disso, contém antioxidantes eficazes contra os radicais livres, que auxiliam no equilíbrio do colesterol, na digestão e na desintoxicação do organismo.

Açaí

O açaí é rico em antocianinas, substâncias que atuam como anti-inflamatórias. Elas também são responsáveis pela adequação do perfil lipídico, ou seja, o aumento do colesterol bom (HDL) e a diminuição do ruim (LDL).

Maçã

A maçã é fonte de pectina, uma fibra solúvel que colabora para um bom trabalho intestinal. “A fruta contém também ácido málico, que contribui para absorção de vitamina C no organismo e é estimulante das funções cerebrais”, complementa a profissional.

Cereja

A cereja oferece proteção contra doenças cardiovasculares devido à quantidade de flavonóides presentes na fruta. Também é fonte de vitaminas A e C e de fibras solúveis.

Formas de consumo

Algumas frutas são consumidas na forma de geleia, doces, caldas e até decoração de sobremesas. Para trazer mais benefícios ao coração, o melhor é dar preferência ao consumo da fruta vermelha in natura, já que os processos de cozimento, secagem e outros alteram suas propriedades nutricionais.

Ainda, de acordo com a nutricionista, há restrições no consumo dessas frutas para as pessoas diabéticas, pelo seu valor calórico e sua alta quantidade de frutose (açúcar). Se não for seu caso, o ideal é consumir cerca de três porções diárias. “Havendo algum tipo de intolerância no paladar, pode-se trocar por suco de frutas vermelhas”, finaliza.

Leia também: