Dia do lixo: dê um descanso na dieta sem emperrar a perda de peso!

Para dar um descanso na dieta não é preciso comer tudo o que ver pela frente. Saiba como fazer um dia do lixo equilibrado!

mulher ruiva tomando sorvete para descanso na dieta
Foto: iStock.com/Getty Images

Passar a semana inteira seguindo à risca o plano de emagrecimento e no final de semana enfiar o pé da jaca, quem nunca cometeu esse pecado? Pois saiba que isso atrapalha todo o trabalho feito diariamente, diferentemente do chamado “dia do lixo”, que significa dar uma escapada da dieta, mas com consciência e moderação. Veja como ele funciona e aprenda a dar um descanso na dieta!

mulher ruiva tomando sorvete para descanso na dieta

Foto: iStock.com/Getty Images

O que fazer no dia

O dia de descanso, ou do lixo, é orientado por muitos profissionais de nutrição principalmente para quem está em processo de emagrecimento. Geralmente as dietas são de cinco ou seis dias semanais e em apenas um dia é liberado comer alimentos que não estão inclusos no cardápio ou, então, consumir quantidades maiores daqueles incluídos na dieta. “Muitos acreditam que esse dia serve apenas para comer calorias vazias (pobres em nutrientes) como pizzas, doces e massas. Na verdade, o dia do lixo é indicado para aumentar a ingestão de carboidratos, que geralmente está baixo na dieta. Pode-se mesclar esses alimentos com os de boa qualidade, como aqueles ricos em fibras”, explica Gustavo Barquilha, fisiologista e consultor técnico em suplementação nutricional. O erro acontece quando a pessoa sai totalmente da dieta, consome excessivamente alimentos pouco nutritivos e se esquece dos saudáveis. O ideal mesmo é reservar uma refeição para “o lixo” e não o dia todo.

O que comer

Quando o carboidrato utilizado no dia do lixo é de alto índice glicêmico, como pães, massas, arroz e doces, existe um aumento da insulina, que pode se acumular e virar gordura. “Entretanto, o próprio treinamento semanal pode compensar esse acúmulo de gordura, desde que este seja pequeno. Por isso, recomenda-se apenas um dia de lixo e com moderação na ingestão de alimentos de baixa qualidade. “Em caso de atletas de alto nível, vai depender muito da fase de treinamento, sendo que muitas vezes não temos esse dia de folga”, complementa Gustavo. O ideal é apenas matar a vontade de alguns alimentos e dar um descanso na dieta, sem exageros, para não ter que voltar a dieta do zero. Outra dica é que, quando não houver exercícios físicos, não é preciso consumir suplementos, dando apenas prioridade para a alimentação convencional.

Dar um descanso na dieta faz bem, sim

Durante o processo de perda de peso, o corpo tende a entrar em homeostase, que significa que ele se adapta à baixa ingestão calórica. E é exatamente no dia do lixo que essa adaptação é rompida, fazendo com que o metabolismo não se acostume com o ritmo, fator muito importante inclusive para os hormônios reguladores da fome, como a leptina e a grelina. Tem também o lado psicológico, que suporta uma dieta regrada mais fácil quando sabe que terá um dia de descanso.

Texto: Júlia Prado | Consultoria: Gustavo Barquilha, fisiologista e consultor técnico em suplementação nutricional de São Paulo

LEIA TAMBÉM