Não comer e engordar: saiba como agir nessa situação

Não comer e engordar: saiba como agir nessa situação

Foto: Thinkstock/Getty Images

Você já tentou todos os tipos de dieta, incluiu mais exercícios físicos em sua rotina e, mesmo assim, o ponteiro da balança não sai do lugar… Muitas mulheres passam por essa situação, mas nem imaginam que suas emoções podem sabotar o emagrecimento. Descubra como educar a mente para conquistar um corpo saudável.

Raiz do problema

Para a psicóloga Laura Cavalcanti, sentimentos distorcidos influenciam diretamente no ganho de peso: “O corpo, além de sustentar o peso físico, também sustenta o peso das emoções. Assim, vamos nos distanciando de nossa própria natureza, na qual a comida é fonte de energia, passando a ser fonte de compensação emocional”, alerta.

Quantas vezes, depois daquela escapada da dieta, não bate um sentimento de culpa? Saiba que isso não é nada bom, pois condiciona o pensamento de maneira negativa. “O obeso sempre acredita que, por um dia, ao sair da dieta imposta, tudo estará perdido, e não tem mais como voltar atrás. Ele se olha no espelho e só enxerga o fracasso”, ressalta a psicóloga.

Mente sob controle

Laura é idealizadora do projeto EmagreSer Integral, que trabalha o autoconhecimento e investiga as causas emocionais que geralmente esbarram na perda de peso. De acordo com a profissional, até mesmo a ânsia de querer um emagrecimento rápido atrapalha o processo. “Eu quase não como, e estou engordando, por quê?”. Esse sentimento passa na cabeça de milhares de pessoas todos os dias, e ele pode agravar ainda mais o quadro de aumento de peso e medida, gerando depressão e ansiedade, e resultando em baixa autoestima. Por isso, o foco do tratamento é fazer com que o indivíduo aprenda a controlar suas emoções com relação à comida.

Alimento aliado

“A comida, por muito tempo, tem ocupado o lugar de ameaça e, como tal, tem sido tratada como inimiga. Mas do mesmo jeito que ela ameaça, também seduz e, assim, nos tornamos reféns”, explica. A partir dessa conclusão, a especialista criou um método de aproximação do cliente com a comida: “onde antes, a comida estava no comando e precisava ser evitada, nessa nova relação ela é comandada pelo cliente, que desenvolve a capacidade de escolher o que come, quando come e quanto come. Frente a frente, aprendemos a negociar com o nosso desejo pelo sabor e como resultado, surge o equilíbrio do corpo”, finaliza a especialista.

 

Consultoria: Laura Cavalcanti,  mentora do projeto EmagreSer Integral.