Como emagrecer comendo de tudo

Como emagrecer comendo de tudo

Foto: Thinkstock/Getty Images

Para emagrecer com saúde, não é preciso ficar sem comer por várias horas e muito menos abdicar de alimentos saborosos. Fazer exercícios é essencial, mas viver na academia e depois comer em excesso também não adianta no processo de emagrecimento. De acordo com o doutor Sidney Chioro, neuropsiquiatra especialista em emagrecimento, o segredo para emagrecer sem sofrimento é resistir aos impulsos. O médico não indica regimes, ginástica e nem remédios. A pessoa que busca o tratamento pode comer o que gosta sem medo: a técnica utilizada pelo especialista retira o impulso de comer, a retenção intestinal e a resistência do emagrecimento. Veja dicas do neuropsiquiatra e saiba como controlar a vontade de comer:

Como é o método?

O processo é bem simples: o impulso de comer é controlado e a pessoa passa a sentir prazer durante as refeições, sem precisar recorrer aos “lanchinhos” durante o dia. “Como este método retira causas, e sem causas não tem efeito, fica mais fácil permanecer magro. Porque se não permanecer magro não adianta emagrecer”, revela o neuropsiquiatra. Ele ainda complementa: “O ser humano foi feito para comer e ser magro. Então, quando o seu funcionamento é respeitado, a pessoa emagrece comendo bem”.

Dicas essenciais

Para emagrecer, é preciso controlar impulsos, respirar fundo e repensar a alimentação diária. Não sabe por onde começar? Confira as dicas e entenda o método proposto pelo doutor Chioro:

– Primeiro passo: admitir que não está feliz acima do peso.

– Se sentir com o direito de ser magra.

– Se propor a emagrecer.

– Escolher um método que seja agradável, para ter motivação de ir até o final e que facilite permanecer magra.

– Evite comer quando não está com fome. Docinhos e guloseimas depois do almoço ou do jantar ajudam a engordar;

– Coma devagar: desse jeito você fica satisfeita mais rápido;

– Saboreie a comida: mastigue bem os alimentos e sinta o prazer da refeição;

Comer demais é impulso?

“Comer demais é um transtorno alimentar, que pode ir desde um leve impulso de comer até uma compulsão alimentar mais intensa, como ocorre, por exemplo, na bulimia. Na grande maioria dos casos, é apenas um impulso de comer que pode ser resolvido e a pessoa pode emagrecer comendo de tudo o que ela gosta”, afirma o especialista. O grande segredo está no autocontrole: para começar a emagrecer, é preciso comer sem exageros, saboreando cada prato. “Impulso de comer é relacionado à ansiedade. Se a pessoa está triste, come. Se não tem o que fazer, come. Se está entediada, come algo para alegrar a vida. Durante a noite, após a janta, resolve assistir televisão e come guloseimas. Este impulso, em todas as suas variações, é a mais frequente causa do indivíduo ganhar peso. Este método foi feito para retirar esta causa. A pessoa passa a comer pelo prazer verdadeiro de comer, que é fisiológico, portanto não engorda”, complementa o médico.

 

Consultoria: Dr. Sidney Chioro – neuropsiquiatra
In Magro – Instituto
www.emagrecimentosidneychioro.com.br