Descubra quem é o seu escravo astral e por quem você é dominado

Saiba todos os detalhes sobre como funciona a relação de servidão entre os signos

escravo astral
Por soraiaalves - 29/07/2019

Foto: iStock

Na Astrologia, alguns signos exercem influência sobre outros, ou seja, possuem os chamados “escravos astrais”. Ele é a sexta casa a partir do signo que se considera, já que a casa 6 é relacionada à servidão. Assim, a pessoa que tem o signo 6 casas distantes do seu é tido como seu escravo astral. Ao mesmo tempo em que um signo é seu escravo astral, você também é o servo de outro signo.

Descubra quem é o seu escravo astral e por quem você é dominado no mundo dos Astros:

Áries (21/3 a 20/4)

Se você é do signo de Áries, seu escravo astral é a pessoa de Virgem, por isso, os virginianos, geralmente, sentem-se tão atraídos pela sensualidade e raciocínio rápido dos arianos. Aliás, virginianos fazem de tudo para agradar quem é de Áries. Já quem domina os arianos são as pessoas de Escorpião.

Touro (21/4 a 20/5)

Seu escravo astral é o signo de Libra, enquanto Sagitário é quem te escraviza. A teimosia taurina encontra equilíbrio ao lado dos librianos. O bom humor de Libra funciona como um escape para quando os taurinos precisam relaxar, além de haver muita cumplicidade entre os dois.

Gêmeos (21/5 a 20/6)

O escravo astral de Gêmeos é Escorpião, e quem o domina é Capricórnio. A liberdade dos geminianos atrai as pessoas de Escorpião, que, por seu temperamento forte, podem demorar um pouco para admitir que estão em situação de “servidão” a outra pessoa. As brigas aqui são muito comuns.

Câncer (21/6 a 21/7)

Este signo é o “patrão” de Sagitário, e deve servidão ao signo de Aquário. Sempre simpáticos e gentis, os cancerianos conseguem conquistar facilmente seus vassalos, que, por sua vez, estarão sempre ao lado de “seu senhor” nos momentos de decisões importantes.

Leão (22/7 a 22/8)

O escravo astral dos leoninos é alguém de Capricórnio, enquanto Peixes é quem o domina. A vontade de sempre ser o centro das atenções de Leão é uma contradição com o jeito mais reservado de Capricórnio, o que acaba gerando um equilíbrio entre os dois.

Virgem (23/8 a 22/9)

Quem serve Virgem é o signo de Aquário, e quem Virgem serve é o signo de Áries. Inteligentes e responsáveis, os virginianos pecam por serem extremamente perfeccionistas, mas os aquarianos não se importam com suas críticas e levam tudo numa boa, o que contribui para a boa relação.

Libra (23/9 a 22/10)

O escravo astral de Libra é Peixes. Já os librianos são dominados por Touro. Os librianos são muito sensíveis e gostam de ajudar quem precisa, assim como Peixes, que é bem generoso, inclusive na hora de satisfazer os desejos de seu dominador, gerando uma das relações mais pacíficas entre escravos e senhores.

Escorpião (23/10 a 21/11)

Seu escravo astral é Áries e seu dominador é Gêmeos. O senhor de Escorpião é forte e cheio de coragem e pode contar com seu servo de Áries em suas aventuras. Áries, por sua vez, pode ajudar os escorpianos domarem seu temperamento e agressividade.

Sagitário (22/11 a 21/12)

Sagitário domina o signo de Touro, enquanto é dominado por Câncer. Por serem tranquilos, os sagitarianos adaptam-se facilmente às novas situações, porém são ansiosos e tendem a encontrar nos taurinos quem vai lhe ajudar a se tornar mais paciente.

Capricórnio (22/12 a 20/1)

Este signo domina Gêmeos e é dominado por Leão. A praticidade de Capricórnio encontra na animação de Gêmeos um meio de se tornar mais extrovertido e alegre. Até mesmo os geminianos que não são de se apegar muito a ninguém vão querer fazer de tudo para te agradar.

Aquário (21/1 – 19/2)

Tem como escravo astral o signo de Câncer. Na hora da servidão, os aquarianos devem lealdade ao signo de Virgem. A criatividade de Aquário se encontra com a sensibilidade de Câncer, formando uma dupla que adora fazer surpresas significativas um para o outro.

Peixes (20/2 – 20/3)

É senhor do signo de Leão e servo do signo de Libra. O bom humor de Peixes contagia os orgulhosos leoninos, que por sua vez ajudam os piscianos a sonharem menos e se tornarem mais realistas. É uma parceria feita de elogios e grandes planos.

 

 

LEIA TAMBÉM: