Plantas: veja qual a melhor opção para você cultivar

Cultivar o que come já foi muito comum um dia. Hoje, isso se perdeu e muitos não sabem, mas essa atitude colabora para a qualidade do cardápio e da saúde.

Ervas, alecrim, aspérula tomilho, manjericão,sálvia varal, prendedore
Foto Shutterstock.com

Para quem tem espaço no quintal de casa, cultivar o próprio alimento é uma boa opção. Além da praticidade, não terá como fugir de uma alimentação saudável e o melhor, os alimentos estarão frescos para o consumo. Para isso basta um pouco de dedicação e alguns minutos do seu dia. Confira algumas dicas de plantas que você pode cultivar!

Ervas, alecrim, aspérula tomilho, manjericão,sálvia varal, prendedore

Foto Shutterstock.com

MANJERICÃO

Se o tempero for plantado em um espaço grande de terra, pode crescer em forma de arbusto. Por isso, uma opção é deixar a muda em um jardim aberto, sem se esquecer da adubação regular. Procure plantá-lo próximo a ervas mais baixas.

ERVA-DOCE

Ela pode ser usada tanto em receitas culinárias, para conferir um sabor especial a bolos e pães, por exemplo, como também em chás medicinais. “Popularmente, a erva-doce é utilizada para má digestão, mau hálito, prisão de ventre, gases e como diurético”, afirma o fitoterapeuta José Bassit.

Pimenta biquinho

Foto Istock.com/Getty Images

PIMENTA BIQUINHO

Com aroma e sabor marcantes, ela não deixa de ter as características das pimentas em geral e é rica em minerais como sódio, fósforo, magnésio e cálcio. A planta atinge os 60cm, mas pode chegar a até 1m de altura e você pode cultivá-la em vasos ou canteiros. Após a colheita, é possível manter suas pimentas em conserva.

oregano

Foto shutterstock.com

ORÉGANO

O condimento é mais conhecido em sua versão seca, com as pequenas folhas escuras. Porém, a planta também é bem-vinda fresca, para temperar diversos pratos. Tendo um pé em casa, basta colher as folhas necessárias e levar direto ao prato.

CEBOLA

Ela é um vegetal resistente e, apesar de se adaptar melhor no inverno, consegue resistir a qualquer tipo de temperatura, sendo as melhores entre 13ºC e 25ºC. A planta precisa de, pelo menos, seis horas diárias de exposição ao sol para que os bulbos fiquem secos e saborosos. A melhor época para plantar é a primavera. Para que a planta se desenvolva bem é importante retirar todas as ervas daninhas que crescerem em volta dela.

Saiba mais:

Conheça os 4 superpoderes das ervas para emagrecer

Temperos: escolhas as melhores opções para sua salada!

Pressão e colesterol alto: confira 5 alimentos imbatíveis!

Consultoria José Bassit, fitoterapeuta