Guia completo de cuidados com a pele durante a quarentena

Nada como um bom skincare para aliviar o estresse e dar uma escapadinha das atividades cotidianas

cuidados com a pele em casa
Foto: Reprodução/Pinterest

Manter uma rotina de cuidados com a pele em casa é muito importante, tanto para a própria saúde da cútis, quanto para a sua autoestima. Afinal, seu vigor quase sempre é associado à beleza. Ainda assim, muitas  pessoas não sabem muito bem por onde começar, o que as faz desistir antes mesmo de tentar se dedicar à essas práticas que tem tudo a ver com amor próprio.

Segundo a Dra. Denise Chambarelli, da Clínica Chambarelli, localizada no Rio de Janeiro, “não é pelo fato de estarmos no período de isolamento social que devemos deixar de ter alguns cuidados diários importantes para a saúde e beleza da pele.” Pensando nisso – e nesse tempinho a mais que estamos tendo por conta da imposição da quarentena – nós separamos algumas dicas simples de skincare que fazem toda a diferença.

Cuidados com a pele em casa que são mais simples do que você imaginava

Primeiro passo

Antes de querer se aventurar em misturinhas para máscaras ou em produtos cheios de ácidos e medicamentos, o mais importante de tudo é reforçar os hábitos de higiene. Lavar as mãos com sabonete ou com álcool em gel deve ser uma de suas prioridades não só para os cuidados com a pele em casa, mas também para evitar a transmissão da Covid-19.

A rotina matinal 

Depois de higienizar aos mãos, o segundo passo é lavar o rosto. Isto é, independente de qual seja o seu tipo de pele (mista, oleosa ou seca). Aplique e massageie hidratantes faciais e antioxidantes duas vezes ao dia. Os produtos, que podem ser dos mais simples a aqueles que precisam de indicações de especialistas, precisam ser aplicados duas vezes ao dia. A primeira é ao acordar.

Tal procedimento ajuda a proteger a pele da luz artificial, da exposição solar e da poluição. Além disso, vale ressaltar que não é porque se está de quarentena que o uso de protetores solares é descartado. Neste caso, são indicadas opções de defesa ampla e que agem contra a luz das lâmpadas, computadores e smartphones.

Pela noite

Antes de ir dormir, higienize bem o rosto, utilizando também algodão (disco) com água micelar para uma limpeza mais completa”, sugere a especialista. É neste momento em que ativos mais concentrados para a remoção de marcas e manchas, por exemplo, são indicados. À noite não há nenhuma chance de exposição solar, o que facilita para que os produtos de tratamento possam ser mais fortes e potentes.

Index of /wp-content/uploads/2019/06/

Quando apostar nas máscaras faciais?

Não existe um momento certo para o procedimento, o mais importante é que seja uma experiência relaxante, agradável e que seja feito sem pressa. Coloque uma música do seu gosto e viva intensamente o cuidado que você está propiciando a si mesma. O que não faltam são opções de máscaras e para as mais variadas necessidades. Por isso, para você não se tentar por não saber qual é a ideal para a sua cútis, nós separamos uma receita fácil de preparar em casa que serve para qualquer tipo de pele.

Beterraba + Gelatina

Funciona?  A beterraba colabora a revigorar a pele e aumenta a resistência da melanina. Já a gelatina auxilia no fornecimento de colágeno, que deixa a pele mais firme e macia.

Preparo: Coloque meia beterraba para ferver e aguarde até que ela forme um soro grosso. Coe a solução e coloque-a dentro de uma vasilha sem encher até a borda. Pegue a gelatina incolor, fatie e mergulhe na solução ainda quente para derreter. Misture os ingredientes até ficar com um aspecto concentrado.

Como usar? Coloque em todas as extremidades do rosto e deixe por 15 minutos, depois, retire totalmente com água corrente.

Dica Bônus: Não compartilhe maquiagem

Nunca é bom compartilhar produtos que são usados no rosto. A dica serve desde os sabonetes até principalmente pincéis, esponjas, batons, etc. Além disso, neste momento, ter essa consciência se tornou ainda mais importante para conter a disseminação da pandemia do novo coronavírus.

Todos esses objetos e produtos acumulam facilmente agentes patógenos, por isso é extremamente importante higienizá-los com frequência. Outra questão essencial é que o uso repartido não deve ser feito nem mesmo com familiares.

Leia também: