Cuidado com o excesso de refrigerante!

Se você faz parte do grupo que não dispensa copos de refrigerante, fique atento aos principais prejuízos que o consumo excessivo pode causar ao organismo

Foto: iStock com e Getty Images

 

A seguir, veja os problemas decorrentes do excesso de refrigerante no dia a dia!

refrigerante-faz-mal

Foto: iStock com e Getty Images

 

Ligado demais

Refrigerantes de cola possuem cafeína, substância que, se consumida com moderação, pode melhorar a disposição física e as funções cognitivas.

Porém, em excesso (mais do que 3 latinhas), pode trazer prejuízos ao organismo. “Cafeína em excesso causa gastrite, insônia, palpitações e ansiedade”, diz o clínico geral Alex Botsaris.

olhos bem abertos

Imagem: Giphy.com

 

Desgaste nada natural

“Refrigerantes possuem um pH ácido, e bebidas ácidas podem corroer o esmalte dos dentes, caso seus resíduos permaneçam na boca por muito tempo”, afirma Botsaris. Com o tempo, a dentina pode ficar exposta, causando sensibilidade.

Alguns dentistas recomendam não escovar imediatamente após beber refrigerante, pois o creme dental, junto com o ácido da bebida, pode acelerar a corrosão. Por isso, faça um bochecho com água, aguarde 20 minutos e escove os dentes normalmente.

sensibilidade nos dentes

Imagem: Giphy.com

 

Que desconforto!

O barulhinho que dá água na boca quando uma lata de refrigerante é aberta revela: tem muito gás carbônico ali. E é por isso que, quando consumido em excesso, causa sensação de estômago inchado, entre outros desconfortos.

“Por ter gás dissolvido, que se desprende no tubo digestivo, refrigerantes causam distensão abdominal e podem tornar a digestão lenta e desconfortável”, explica.

desconforto na barriga

Imagem: Giphy.com

 

Atenção aos pneuzinhos

Consumir 1 ou 2 latas de refrigerante durante a semana, desde que se mantenha uma alimentação saudável, não interfere significativamente no aumento do peso corporal. Porém, acima dessa quantia, a ingestão de calorias é excessiva e se acumula em gordurinhas pelo corpo.

“Cada garrafa pequena tem aproximadamente 40g de açúcar e cada lata, 30g, o que equivale a cerca de 120 a 160 calorias. Em excesso, pode causar problemas como diabetes”, alerta Botsaris.

atencao aos pneuzinhos

Imagem: Giphy.com

 

Ossos mais fracos

Segundo o profissional, o recomendado é que quem tem osteopenia (diminuição da densidade mineral dos ossos) evite o consumo regular de refrigerante.

“Em um estudo epidemiológico, pessoas que ingeriram grande quantidade de refrigerante apresentaram massa óssea inferior em relação a quem ingeria a bebida eventualmente”, comenta Botsaris

refrigerante interfere na saude dos ossos

Imagem: Giphy.com

 

Retenção de líquidos

O problema ocasionado pelo refrigerante causa inchaço e eleva o ponteiro da balança. Um dos causadores do distúrbio é o excesso de sódio, presente no sal de cozinha e em alimentos industrializados.

“A quantidade de sódio nos refrigerantes é pequena, mas se a pessoa tem uma alimentação rica em sal e ingere a bebida corre o risco de fazer uma ingestão excessiva de sódio”, explica Botsaris.

retenção de líquidos

Imagem: Giphy.com

 

Saiba mais:

Confira o top 10 alimentos que combatem o inchaço

Melancia protege o coração e afasta o inchaço

Sódio em excesso: entenda os riscos!

 

Consultoria Alex Botsaris, clínico geral