Saiba como diferenciar o novo coronavírus de outras gripes comuns

Entenda como é feita a transmissão e como se prevenir

covid-19
Foto: Reprodução/Shutterstock

Com o surgimento do novo coronavírus, também chamado de Sars-Cov-2, na China, muitos dos casos estudados já foram descartados não só no Brasil, como em outros países já afetados. Este fenômeno se dá porque os sintomas da Covid-19 são muito similares aos de uma gripe comum, o que contribui para que a doença seja facilmente confundida com outras enfermidades. Agora, como de fato diferenciá-la das outras?

Os principais sintomas da Covid-19

Ainda que as doenças respiratórias em geral tenham sintomas bastante parecidos, é importante ressaltar alguns dos principais vividos pelos pacientes diagnosticados com o vírus. Entre eles estão febre, tosse e dificuldade para respirar. Em alguns casos, também foram apresentados dores de garganta e coriza.

Embora sejam sintomas bastante semelhantes aos da gripe, há fatores importantes que podem colaborar para uma avaliação decisiva. Mais importante do que analisar os sintomas é descobrir se o indivíduo que possui esses sinais visitou alguma região de risco de transmissão do Covid-19 pelo menos 14 dias antes de apresentar o quadro similar a gripe. Caso as possibilidades de contágio sejam pequenas, é bem provável que a doença não se trate do novo coronavírus.

Vale ressaltar que são necessários exames específicos na rede pública ou privada para realmente detectar a infecção, já que os sintomas são os mesmos de uma gripe comum e de outras enfermidades. Além disso, os testes não são recomendados para todos e sim para aqueles que, depois de consultarem um médico especialista, forem indicados ao procedimento.

Como é feito o contágio?

  • Pelo ar, tosse e espirro;
  • Gotículas de saliva ou catarro;
  • Contato pessoal;
  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas;
  • Contato com carne de animais silvestres contaminadas.

A prevenção

  • Limpar objetos e superfícies tocados frequentemente;
  • Evitar tocar nariz, olhos e bocas antes de limpar as mãos;
  • Manter-se a um metro de distância de pessoas doentes;
  • Lavar as mãos;
  • Cobrir a boca e o nariz ao espirrar; cozinhar bem os ovos e carnes;
  • Evitar ao máximo cumprimentos com beijinho no rosto.

Leia também: