Consciência animal: para o Espiritismo, será que ela existe? Descubra!

Segundo a ótica do Espiritismo, será que a consciência animal existe de fato? Descubra as respostas para essa pergunta intrigante.

cachorro oculos consciência animal
FOTO: iStock/Getty Images

Para muitas pessoas que possuem cachorros, gatos ou outros animais de estimação, há a sensação de que os bichinhos apresentam algum tipo de consciência animal. No entanto, pela ótica do Espiritismo, será que isso é verdade?

 

cachorro oculos consciência animal

FOTO: iStock/Getty Images

 

Na revista Espírita, de julho de 1860, está a explicação: “como o homem, o animal tem aquilo a que chamais consciência, e que não é outra coisa senão a sensação da alma quando fez o bem ou mal. Observai e vede se o animal não dá prova de consciência, sempre relativamente ao homem. Acreditais que o cão não saiba quando fez o bem ou o mal? Se não o sentisse, não viveria”.

E o texto ainda completa: “como já vos disse, a sensação moral, a consciência, enfim, tanto existe nele como no homem; sem isso seria negar-lhe o sentimento de gratidão, o sofrimento, os pesares, em suma, todos os caracteres de uma inteligência, caracteres que qualquer homem sério pode observar em todos os animais, conforme seus diversos graus, porquanto, mesmo entre eles, há diversidades extraordinárias”.

 

LEIA TAMBÉM

 

Texto: Redação Edição: Érica Aguiar Arte: Guilherme Laurente