Conheça qual é o seu signo árabe

Signos são representados por armas e fazem parte das variações da Astrologia

Por João Pedro Ferreira - 04/03/2015

Você já ouviu falar em horóscopo árabe? Assim como nos signos dos zodíaco, 12 símbolos representam as diferentes personalidades de cada pessoa. Os signos também são definidos conforme a data de nascimento da pessoa.

Historiadores relatam que a astrologia nasceu na Suméria, na costa do Golfo Pérsico por volta de 2700 anos antes de Cristo. A descoberta disso foi possível depois de terem sido encontradas pequenas tábuas com assuntos da Astrologia.

Foto: Shutterstock Images

Foto: Shutterstock Images

Entre os anos 750 a 1550 d.C., a Astrologia se expandiu e se encontrou com teorias de diferentes povos árabes, persas, sírios, turcos, entre outros. Desta fusão, originou-se a astrologia árabe.

Os povos desta época tinham a crença em seres guardiões, como anjos ou gênios. Os djins (gênios) são os anjos na astrologia sumeriana. Existiam djins bons e maus.

__________________________________________________

Leia Mais:

Signos e dinheiro: como cada signo vê a vida financeira

Momentos difíceis: como os signos agem em situações complicadas
__________________________________________________

Da mesma superstição, nasceu o “zodíaco de armas”, com uma ideia bem menos fatalista do que a das outras doutrinas astrológicas daquele tempo. O fatalismo é a doutrina segundo a qual os acontecimentos são fixados com antecedência pelo destino.

Conheça os signos árabes:

Funda (21/01 a 18/02)
Foi com uma funda (equivalente ao estilingue) que Davi venceu o gigante Golias. Representa a perspicácia, a vitória do fraco sobre o forte. As pessoas deste signo são criativas e tem uma memória muito boa. São pessoas que na maioria das vezes se encontram em posições de comando, com visão otimista e objetiva.

Machado (19/02 a 20/03)
Considerada uma arma perigosa, o machado está associado à tempestade, raios e trovões. É símbolo do poder da divisão e da união em algumas tradições. As pessoas deste signo são marcadas pelo desprendimento e do cultivo da esperança de um mundo melhor. Busca uma vida calma, confortável e segura em sua luta diária.

Punhal (21/03 a 20/04)
É o símbolo do combate. Para utilizá-lo é necessário ter coragem. As pessoas deste signo são realistas, imediatistas e intuitivas. Ser guiada pelo instinto torna a pessoa de Punhal um pouco imprevisíveis. Possui uma sinceridade acentuada.

Clave Rústica (21/04 a 21/05)
É a arma de Hércules, usada para a defesa, pelo seu poder de vida e morte. A pessoa que está sob a regência deste signo tem a característica de ser determinada e mais paciente, sabendo ouvir e compreender. É uma trabalhadora incansável. Não costuma mostrar todo seu potencial de inteligência. Independência, foco e responsabilidade fazem parte da vida dessas pessoas.

Maça de Ferro (22/05 a 21/06)
É a arma do desembaraço, da última chance. As pessoas deste signo não são vencidas pela dificuldade facilmente. Vai para a batalha com muita energia, mesmo sabendo que não será fácil. Possui raciocínio rápido e é falante. É amorosa, mas não costuma demonstrar muito esse lado.

Cutelo (22/06 a 22/07)
O cutelo tem uma simbologia que remete à experiência. Nada passa despercebido pelos olhos da pessoa deste signo. Populares e sagazes, também podem ser explosivas e impacientes. Entretanto, como o humor destas pessoas muda como as fases da lua, elas também tem seus momentos bondosos e compreensivos.

Espada (23/07 a 23/08)
É a arma da dignidade, justiça e da ordem. Simboliza o poder e valor reconhecido. Pessoas do signo de Espada são batalhadoras e dinâmicas, o que as torna um tanto agitadas. Contagia as pessoas ao redor e não é difícil encontrá-las em posições de liderança. Na vida sentimental é inconstante, dificilmente se preocupa com quem ficou para trás.

Faca (24/08 a 23/09)
É o símbolo do bem e do mal. Pode ser utilizada para cortar um pão ou matar alguém. As pessoas deste signo são muito exigentes. Na caminhada da vida, gosta de ter cautela. Não deixa escapar oportunidades e sabe administrar suas eficiências para abrir caminhos nos momentos certos.

Corrente (24/09 a 23/10)
É a arma dos gladiadores. Para os árabes, é a arma do dinheiro. Três virtudes definem bem as pessoas de Corrente: inteligência, honestidade e constância. Elas odeiam a infidelidade e gostam de viver em harmonia. Diplomáticas, possuem capacidade para eliminar problemas e ajudar pessoas. Gosta de compartilhar e é sensível e delicada.

Punhal Árabe (24/10 a 22/11)
Arma destinada ao combate, simboliza a agressão imprevista. Quem está sob a regência do Punhal Árabe traz consigo os extremos do bem e do mal. É crítica, exigente e pode ser considerada implacável. Não gosta de perceber que errou e nem que o contestem. É muito séria na busca de um ideal previamente traçado.

Arco (23/11 a 21/12)
É uma arma que exige concentração e sua simbologia é a busca de perfeição, material e espiritual. Dons como a sensatez, requinte e bondade são características de Arco. Estas pessoas não se abatem pelas dificuldades e não fazem nada antes de traçar uma meta. Devem tomar cuidado com a benevolência extrema, para não se dedicar a falsos amigos sem perceber.

Lança (22/12 a 20/01)
A simbologia da Lança é o código de honra e a sabedoria. Pessoas deste signo são amáveis, gentis, agradáveis e sinceras. Estão sempre inventando, criando alguma coisa, mesmo sem saber no que exatamente vão usar suas ideias. Detalhista e adaptável, se saem bem de situações arriscadas. Possuem capacidade de disciplina e organização, tentando sempre colocar ordem em tudo.

Consultoria: Ira Pepino