Conheça a história de Allan Kardec

Pioneiro nos estudos sobre fenômenos espirituais, o cientista francês Allan Kardec (1804 - 1869) é considerado o "pai do espiritismo".

ilustração de Allan Kardec
Por Bruno Ribeiro - 17/08/2016

Pioneiro nos estudos sobre fenômenos espirituais, o cientista francês Allan Kardec deixou um legado imensurável e, não à toa, é considerado o “pai do espiritismo”. Confira mais sobre sua trajetória!

ilustração de Allan KardecFOTO: Reprodução

Trajetória

Nascido Hippolyte Léon Denizard Rivail, adotou o pseudônimo Allan Kardec para diferenciar seus textos religiosos do material didático que produzia. Considerado “pai do espiritismo”, o interesse de Kardec por assuntos espirituais começou apenas em 1854, quando fenômenos conhecidos como “mesas girantes” despertaram sua atenção. A partir de então, se aprofundou no assunto e produziu diversas obras sobre o espiritismo.

Legado

Seus livros servem de base para a doutrina espírita. O termo “espiritismo” foi criado por ele, aparecendo pela primeira vez em sua obra O livro dos Espíritos, de 1857. A importância de Kardec para a organização e propagação do espiritismo é tão grande que ele ficou conhecido como o “codificador”, ou seja, aquele que pesquisou os eventos espíritas, reuniu os resultados e, com isso, criou o conjunto de princípios.

SAIBA MAIS

A importância de Allan Kardec para o espiritismo

Conheça os principais médiuns brasileiros