Compartilhar maquiagem oferece riscos a saúde

Prática comum entre as mulheres, o hábito de compartilhar maquiagem pode oferecer riscos sérios à saúde. Previna-se das doenças infecto-contagiosas

Os riscos de compartilhar maquiagem ou comprar produtos usados
Foto: Reprodução/Pinterest

Compartilhar maquiagem pode causar diversas doenças invisíveis no primeiro momento. As pessoas podem ter algum tipo de infecção e não ter conhecimento e acabam transmitindo quando compartilham objetos. Tanto os produtos quanto os acessórios, como pincéis, carregam vírus e bactérias.

Nos olhos, as doenças mais comuns são a conjuntivite e blefarite (terçol), que são transmitidas através do delineador, rímel, lápis de olho ou um acessório que encoste na base dos olhos. Caso tenha a necessidade de emprestar esses produtos, quebre a ponta do lápis e aponte novamente, já rímel e delineador podem estar inteiramente infectados.

Já os batons, objeto comum de ser compartilhado, levam facilmente a herpes. O batom deve ser estritamente de uso individual, mas caso precise emprestar, a dica é tirar a primeira camada com um lenço de papel.

Muita gente não sabe, mas a verrugas  são contagiosas e a maquiagem pode ser um canal de transmissão. A micose também é doença da pele levada por pincéis e esponjas, locais propícios para a proliferação de fungos e bactérias.

Não é indicado compartilhar maquiagem, os produtos e os acessórios devem ser de uso pessoal e individual, e mantenha a higiene dos produtos.

 

LEIA TAMBÉM