11 dicas para tornar a organização dos brinquedos mais prática e funcional

Saiba como colocar tudo em ordem e ainda incentivar as crianças a ter uma rotina livre de bagunças

Como organizar brinquendos
Foto: Shutterstock

Quem tem criança em casa sabe como organizar brinquedos pode ser uma tarefa difícil. É sempre um impasse entre não querer impedir a brincadeira dos filhos e acabar colocando muitas regras. No entanto, é possível que a rotina de arrumação não seja tão exaustiva. Com as dicas a seguir, ficará muito mais fácil manter a ordem no quarto dos pequenos.

Saiba como organizar brinquedos e incentivar a brincadeira ao mesmo tempo

Aprenda a desapegar

O primeiro passo da organização é separar aqueles brinquedos que não são mais usados pelas crianças. Possivelmente, os pequenos já ganharam diversos presentes ao longo da vida e, muitas vezes, é tanta coisa que eles acabam não brincando com tudo. Por isso, desapegar é essencial para conseguir manter tudo em ordem sem perder o controle. Além de abrir espaço para coisas novas, pode ser uma excelente maneira de fazer outra pessoa feliz.

Categorizando tudo

Separar cada brinquedo segundo uma categoria pode ajudar a facilitar tanto a organização, como a brincadeira dos pequenos. Tal método serve até como incentivo para que eles comecem a aprender a guardar as coisas do jeito certo por conta própria. Categorize cada tipo de brinquedo e mantenha cada grupo em seu devido lugar.

Caixas e cestos organizadores

Para quem não possuir muitas prateleiras ou gavetas dentro dos armários, uma opção é utilizar caixas para agrupar alguns tipos de peças. Além disso, não deixar tudo exposto pode ser uma forma mais visual de entender que está tudo organizado, tornando fácil manter desse jeito por algum tempo.

Etiquetas

As etiquetas são uma excelente maneira de como organizar brinquedos de forma funcional e prática. Após separar por categorias, coloque um adesivo que indique qual é o tipo de coisa que está sendo guardada dentro de determinada caixa. A prática também pode funcionar como uma forma de testar a leitura dos filhos caso eles já estejam sendo alfabetizados.

Mais usados são prioridades  

O ideal é colocar aquelas brinquedos que as crianças mais gostam em locais baixos, para que elas tenham fácil acesso e consigam pegar sozinhas. Mantenha em posições altas somente aquilo que não é muito utilizado ou o que é melhor que elas não tenham contato direto.

Mantendo longe do alcance

Quando as crianças ainda são muito pequenas, uma boa dica é manter aqueles brinquedos que causam sujeiras, como tintas, glitter e massa de modelar, longe do alcance delas. Dessa maneira, você evitará grandes bagunças e pode deixar essas brincadeiras para um momento em que estiver livre para supervisionar a prática.

Baú

Um baú simples pode fazer milagres, tanto para a organização, quanto para você mesma. Sabe aquele dia em que está cansada e não vê a hora de poder relaxar um pouco? Coloque tudo dentro dele e deixe para arrumar cada coisinha em seu devido lugar quando tiver mais tempo. Desta forma, a bagunça não ficará toda espalhada pelo chão do quarto e você poderá realizar uma melhor disposição mais tarde, com calma.

Prateleiras

Depois de separar cada coisa em sua caixa e etiquetar cada uma delas, uma boa dica é investir em prateleiras pelo quarto. Além de serem uma forma funcional de como organizar brinquedos, também são úteis para manter a disposição das coisas em qualquer fase da vida. Isto é, quando as crianças crescerem, elas vão continuar compondo a decoração e contribuindo para que tudo fique em ordem.

Murais 

Se os seus filhos são fãs de arte e de desenhos, um truque é manter um mural para pregar cada um deles. Opte pelos magnéticos ou pelos de cortiça para facilitar a disposição. Esta tática pode ajudar a preservar cada coisa em seu lugar e, ainda, mostrar o orgulho que sente pelo trabalho que eles realizam.

Incentivando as crianças

Ainda que você sempre esteja por perto para dar um suporte quando eles precisarem, procure incentivar a independência organizacional nos pequenos. Pegou algo? Depois que terminar de brincar, guarde no mesmo lugar. Tal método pode ser essencial para um maior desenvolvimento do cérebro e das capacidades de organização ao longo da vida.

Mantenha uma rotina 

Para que tudo não esteja sempre revirado e de penas para o ar, é importante explicar para eles algumas regrinhas de rotina que precisam ser seguidas. Procure orientar que a brincadeira deve vir depois da lição de casa, por exemplo, ou após o banho. Se eles entenderam que existe um passo a passo a ser seguido e a ordem das prioridades, é mais fácil para que consigam manter e respeitar a organização em geral.

Leia também: