Emoções: saiba lidar com cada uma delas

Ter um controle emocional desenvolvido é essencial para seu bem-estar. Veja como controlar algumas emoções que podem trazer prejuízos à sua vida

mulher-olho-verde-triste-emoções
FOTO: Shutterstock Images

Ficar nervoso com situações adversas no trabalho, em tarefas diárias ou no convívio social, normalmente, só piora as coisas. Por isso é necessário saber se controlar e “ler” o momento de maneiras diferentes para, assim, buscar uma interpretação que deixe as emoções menos intensas. Fazendo isso, você poderá tirar proveito de um caso que inicialmente, com as emoções à flor da pele, parecia perdido. Veja como lidar com alguns dos sentimentos mais incômodos:

1. Raiva: essa emoção indica um desconforto muito grande que necessita que alguma medida seja tomada. “Pense qual é a ação que você precisa fazer em vez de explodir”, aconselha a psicológica Maura de Albanesi.

mulher-olho-verde-triste-emoções

FOTO: Shutterstock Images

2. Medo: é uma reação de alerta natural do corpo humano, como se fosse um alarme. “O medo não possui a função de estagnar, e sim de alertar. Pense no que você não prestou atenção”, completa a especialista.

3. Culpa: inocente ou não, o sentimento de culpa pode ser devastador se não for enfrentado. Não se envergonhe de admitir um erro e pedir perdão: isso só vai mostrar um bom caráter da sua parte, e sem dúvidas, proporcionará mais tranquilidade. “Pense em como assumir a responsabilidade, em vez de se sentir prisioneiro dela – assumir traz a realidade”, sugere a psicóloga.

4. Tristeza:sempre que se sentir triste, está na hora de desapegar – pense sempre no que precisa deixar para trás”, finaliza Maura.

Além dessas dicas, desenvolver uma relação de empatia com alguém também é vantajoso para lidar com essas emoções negativas. Afinal, você poderá desabafar sobre o que está incomodando com alguém que buscará compreender a situação.

LEIA TAMBÉM

Texto e entrevistas: Giovane Rocha/Colaborador – Consultorias: Maura de Albanesi, psicoterapeuta e mestre em psicologia e religião pela PUC-SP, em São Paulo (SP)