5 atitudes calmantes que vão te ajudar a diminuir a ansiedade

Reconheça a importância de viver um momento de cada vez com essas dicas

como diminuir a ansiedade
Foto: Reprodução

Está procurando maneiras de como diminuir a ansiedade? É normal que pessoas que sofrem com a condição passem por altos e baixos antes de encontrar formas de aliviar os sintomas do transtorno. Para tirar um pouco do peso, que muitas vezes pode ser doloroso, nós reunimos algumas práticas que ajudam a trazer maior bem-estar ao dia a dia e facilitam este processo.

Como diminuir a ansiedade e viver uma rotina mais leve

Mantenha um diário

Anotar aquilo que se está sentindo é uma excelente forma de organizar a mente e entender de onde algumas sensações estão vindo, ou porquê elas estão sendo afloradas neste momento. Isto porque não conseguimos escrever na mesma velocidade em que raciocinamos e acabamos precisando fazer com que a intensidade dos pensamentos diminua para, então, terem sentido no papel. Talvez nem seja hora de realizar grandes mudanças ou planos, mas pode ser uma ótima oportunidade de ponderar atitudes para, depois, agir com mais clareza quando estiver pronto para isso.

Lembretes de gratidão

Talvez você já tenha visto alguma coisa sobre eles, mas nunca tenha colocado em prática a criação do seu próprio “pote da gratidão”. A ideia é escrever em vários pedaços de papel aquelas pequenas coisas que tornam o seu dia mais leve ou feliz, e colocar tudo em um pote para ler quando precisar de forças para continuar seguindo em frente. No entanto, não se cobre! Não é necessário adicionar coisas novas diariamente. Faça no seu tempo e quando realmente se sentir grato por algo.

Encontre momentos para pausas

Procure respirar entre uma atividade e outra. Não se deixar no piloto automático é extremamente importante para realmente viver a rotina e não, simplesmente, passar por ela. Invista em técnicas de respiração e procure viver cada instante para tomar decisões conscientes sobre aquilo que quer para a sua vida. Não se prenda ao passado e nem mesmo viva pensando no futuro. Quando se pegar fazendo isso, procure respirar profundamente até que volte ao seu centro de novo.

Foco naquilo que está fazendo

Realmente viva as experiências de relaxamento. Deixe-se aproveitar esse momento. Está meditando? Procure não pensar em mais nada. Atropelar as coisas só vai fazer com que sinta ainda mais ansiedade e a sensação de que está correndo contra o tempo. Por isso, execute uma coisa de cada vez, sem ficar pensando em qual será a próxima atividade.

E a dica vale para qualquer situação. Saiba o momento de focar no trabalho e dar tudo de si, mas também que é imprescindível viver intensamente o momento de um banho relaxante, por exemplo.

Não mexa no celular na cama

Desligar a cabeça antes de dormir é essencial para o relaxamento. O hábito de assistir televisão, mexer nas redes sociais ou, até mesmo, entrar em contato com qualquer outro dispositivo eletrônico pode te fazer perder o sono e resultar em horas acordado, o que agrava consideravelmente o quadro de ansiedade.

Isto porque a luz que emana dos aparelhos diminui a produção de melatonina, hormônio responsável pela regulação e indução do sono. Desta forma, a exposição à claridade inibe sua produção. Procure ir diminuindo o uso do celular gradativamente até chegar o horário de dormir para não conectar o cérebro à muita informação antes de deitar.

Leia também: