Come pouco e não perde peso? Confira algumas dicas!

Muitas pessoas têm dificuldades para perder peso e, mesmo que comam pouco, os resultados não aparecem. Confira alguns esclarecimentos sobre o assunto!

Por Denis Eric - 11/01/2017
Prato balança, branco, garfo e faca

Foto Shutterstock.com

Quer emagrecer de maneira saudável e prática? Então, veja algumas dicas e esclarecimentos de nutricionistas acerca da perda de peso com saúde:

 

Prato balança, branco, garfo e faca

Foto Shutterstock.com

Como vencer a ansiedade quando se está de dieta?

Além de terapias e atividades físicas para combater a ansiedade, a nutricionista Claudia Soar recomenda o consumo de produtos de baixa caloria. Aposte em alimentos como: cenoura-baby, tomate-cereja, frutas e barrinhas de cereais, entre outras opções que você possa carregar.

O que comer e o que evitar?

Além de uma dieta com redução de calorias, Claudia sugere atividade física específica para a perda de gordura localizada, como abdominais.

 

prato saudável

Foto: iStock.com/Getty Images

O que colocar no prato?

A nutricionista Amélia Duarte recomenda a ingestão de frutas, verduras, arroz integral e carnes magras. “Evite pão, farinha branca e de mandioca, doces, frituras, refrigerante e cerveja”, ensina.

Qual é o segredo para perder peso e não ganhar novamente?

Claudia aconselha o estabelecimento de metas, como, por exemplo, 1kg por semana, até alcançar o peso ideal.

Fuja do efeito sanfona

Segundo Soar, não são recomendadas tentativas de emagrecimento com restrições alimentares impraticáveis. “Quando ocorre o efeito sanfona, o organismo entra em desajuste metabólico, criando uma barreira para o emagrecimento, sem contar as possíveis carências nutricionais”, orienta.

Quantos quilos é bom perder em um mês para emagrecer com saúde?

Amélia acredita que o ideal é eliminar no máximo de 4 a 5kg por mês, sempre com a orientação de especialistas.

Devagar

Claudia Soar destaca que, independente de um período, o emagrecimento é favorecido quando o consumo calórico é menor do que o gasto energético.

Texto Redação Alto Astral 

Leia também: