CASA & DECOR

Feitos para durar: quartos que se adaptam ao crescimento dos filhos!

Como fazer para que a decoração dos quartos dos filhos se adapte ao crescimento deles? Confira os projetos a seguir e inspire-se!

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/02/2017 às 19:49
Atualizado às 16:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quartos de bebês costumam ter uma decoração personalizada. O problema é que os pequenos crescem rapidinho e depois todo o mobiliário precisa ser trocado. Para isso não acontecer, selecionamos dois projetos que se adaptam à idade da criança.

Mobilidade

Segundo a arquiteta Erica Palmeira, da Cheer Up Design!uma das principais ideias foi criar um quarto que permitisse mobilidade para que, conforme o bebê crescesse, quase tudo pudesse ser reaproveitado. A cômoda, também utilizada como trocador, poderá seguir com ele a vida inteira, assim como as prateleiras. A poltrona poderá migrar para o quarto dos pais ou para a sala de estar.

Design inteligente

Erica conta que quando faz um design para bebê, já pensa lá na frente, quando ele deixar o berço. “É fundamental fazer sempre um design inteligente e neste design, para garantir que o quarto cresceria com o bebê, fiz questão de fugir dos móveis combinadinhos e partir para um look onde cada item tivesse vida própria, sem, no entanto, perder a harmonia”, afirma Erica.

Combinação

Quarto rosa bem clarinho para menininhas é quase uma regra! Mas combinar o gracioso tom com a cor prata não é nada comum, e foi o que a arquiteta Mariela Romano fez para receber a pequena Milla. “Na verdade, quem teve a ideia foi a mãe da bebê, que trouxe de uma viagem ao exterior uma bolsa de maternidade com essas cores, numa combinação moderna e original, mas dentro do estilo romântico”, conta a arquiteta.

Quando crescer

A poltrona, a cômoda e a mesinha de canto utilizadas na decoração podem continuar no cômodo quando a menina ficar mais velha. O quarto também já possui uma cama para substituir o berço no futuro.

Texto: Jussara Tech e Yara Guerchenzon/Colaboradora | Consultoria: Erica Palmeira, arquiteta da Cher Up Design! e Mariela Romano, arquiteta de Goiânia (GO)

LEIA TAMBÉM