Dicas de como aproveitar o espaço perdido embaixo da escada

Confira dicas de como aproveitar o espaço perdido embaixo da escada. São várias opções do que fazer com esse lugar sem gastar muito!

None
Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 21/09/2016 às 19:28
Atualizado às 17:02

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Se você mora em uma casa com mais de um andar, provavelmente possui aquele espaço vazio embaixo da escada. A arquiteta Juliana Lahóz pode te ajudar a deixar esse local sem uso mais funcional e estiloso.

escada espaço armario nichos

Foto: Shutterstock

Viabilidade

Antes de tudo, é preciso avaliar o desenho da escada e as suas dimensões. Independente do material de que a escada é feita, é possível criar um lugar interessante que combine com o ambiente. Porém, Juliana explica que nem todo espaço pode ser adaptado, já que alguns projetos apresentam limitações. “Às vezes o cliente tem uma ideia, mas o local não é adequado para aquela proposta, então tentamos mostrar outra solução e adaptar o lugar com uma solução mais funcional”, explica.

Funcionalidade

Alguns espaços embaixo de escadas são mais altos, onde é possível projetar banheiros, home offices e ambientes de descanso. Mas, se o local tiver dimensões menores, uma boa solução é projetar armários. Além de úteis para armazenamento, eles também decoram o local. O escritório Juliana Lahóz Arquitetura já projetou uma sala em que o vão sob a escada foi aproveitado para encaixar o nicho dos equipamentos de áudio e vídeo, sem comprometer a profundidade do cômodo.

home office embaixo escada

Foto: Divulgação

Estilo

Outra opção para ocupar esses lugares de forma charmosa é aproveitar o próprio desenho da escada como elemento decorativo no ambiente e projetar um jardim. Só é importante escolher espécies de planta que se adaptem bem à meia-sombra. “Jardins são boas alternativas para decorar o lugar. Adegas também são bem-vindas e dão um toque moderno e sofisticado”, finaliza a arquiteta.

Texto: Laís Rodrigues

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.