Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
Peças de decór afetivo, que valorizam sentimentos e trazem boas memórias, podem tornar o ambiente ainda mais especial
Com o decór afetivo, sua casa pode ficar ainda mais aconchegante e personalizada - Shutterstock

Casa & Decor

Decór afetivo: como aplicar na sua casa?

Peças de decór afetivo, que valorizam sentimentos e trazem boas memórias, podem tornar o ambiente ainda mais especial

[PAGE TITLE]

Com a correria e compromissos do dia a dia, as nossas casas são, cada vez mais, um local de conforto, refúgio e bem-estar. Por isso mesmo, buscamos que a decoração desse ambiente mostre a nossa personalidade e torne o nosso lar ainda mais aconchegante. Mas você já pensou em fazer isso através do decór afetivo?

Nesse tipo de decoração, o que fica em destaque são aquelas peças que trazem um valor sentimental para quem mora na casa, como pequenos adornos comprados em viagens, um presente dado por alguém muito especial, um porta-retrato ou peças de família que atravessam gerações, por exemplo. Inclusive, até aspectos como cores, sons e aromas podem ser pensados para trazer memórias e significados importantes para o ambiente.

De acordo com a arquiteta Cristiane Schiavoni, o decór afetivo se conecta automaticamente com a psicologia e o humor de cada um de nós. “Seja por meio de uma foto ou elementos que nos façam recordar de uma viagem, de um momento ou de alguém, nosso eu interior se transporta e transforma aquele minuto que estamos vivendo. É o poder de nos arrancar sorrisos, atenuar a saudade, e nos lembrar de quem realmente somos”, explica a profissional.

canecas
Aquela sua coleção especial também pode se tornar uma atração no décor afetivo, viu?  (Imagem: Shutterstock)

E como aplicar o décor afetivo?

Apesar de o decór afetivo ter o poder de tornar o ambiente em um local mais especial e aconchegante, é preciso pensar em algumas questões antes de aplicá-lo. Afinal, não é só ir espalhando itens sentimentais pela casa de qualquer jeito, não é mesmo?

Segundo Cristiane Schiavoni, um dos primeiros passos para não errar com a decoração afetiva é entender qual é o significado de cada item e o valor (tanto sentimental quanto, às vezes, financeiro) deles para você. Dessa forma, vai ser mais fácil entender qual destaque deve ser dado para cada objeto na decoração.

A arquiteta também ressalta que a mistura de itens antigos e sentimentais com outros mais modernos e novos é uma boa ideia para criar um ambiente interessante. “Se a lembrança for uma peça decorativa que atravessa gerações e que pareça esteticamente antiga, uma ótima saída é combiná-la com móveis modernos que podem ser colocadas em qualquer ambiente, desde o dormitório até a garagem”, diz a arquiteta.

item de antiquário style="display: none; top: 4px !important; left: 238px !important;" width="30" height="16">
Itens de antiquário também são uma opção no decór afetivo (Imagem: Shutterstock)

E a decoração afetiva não precisa contar apenas com peças óbvias, como objetos passados de pais para filhos ou itens que trazem memórias de um local especial. Outros itens, como coleções, por exemplo, podem ter um grande valor para uma pessoa e, assim, fazer parte do decór afetivo.

Assim, se você tem uma coleção de canecas, livros ou revistas, por exemplo, ela não precisa ficar necessariamente guardada dentro de um armário ou caixa. “Podemos trabalhar com uma estante ou prateleiras na parede dedicadas para essa exposição, como também podemos espalhar pela casa”, explica Cristiane.

Por fim, peças de antiquário também são uma opção menos óbvia para um decór afetivo, já que, apesar de não carregarem o passado de quem mora na casa, com certeza são repletas de história e podem adquirir valor simbólico após a compra.

Fonte: Cristiane Schiavoni, arquiteta à frente do escritório que leva seu nome.

 

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Casa & Decor

Por conta do intenso contato, sua capinha de celular pode acabar juntando muita sujeira depois de um tempo, sabia? Descubra como limpar

Finanças

Piada surgiu por conta do aumento no preço de um pacote de frango; inflação de alimentos se tornou principal vilão dos brasileiros

Pets

Algumas empresas têm aderido ao modelo pet friendly e permitido que seus funcionários levem o pet para ficar no ambiente de trabalho

Finanças

A mesada é um estímulo que pode incentivar a educação financeira das crianças; veja motivos para adotar a prática nas férias escolares

Beleza

Dermatologista explica que, dependendo do grau das marcas de acne, é possível tratar apenas com skincare adequado e reverter as cicatrizes

Moda

A meia-calça é sempre uma ótima opção no inverno - e, nesse ano, a versão colorida da peça se tornou o maior sucesso

Saúde

Conhecido popularmente como "winter blues", esse sentimento é caracterizado por especialistas como uma depressão sazonal de inverno

Pets

Água, comida e até outros animais podem oferer riscos