CASA & DECOR

Cozinha pequena e colorida: na dosagem certa, tudo é possível!

Inspire-se neste projeto de cozinha pequena e colorida que trouxe um toque colorido e alegre ao cômodo e mostrou que metragem reduzida não é empecilho para ousar e deixar o local a sua cara

None
Foto: Guilherme Freitas

por Redação Alto Astral
Publicado em 22/08/2018 às 10:37
Atualizado às 16:01

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Projetar uma cozinha pequena e colorida de 11,20m² funcional, alegre, convidativa e que trouxesse um pouco da personalidade dos moradores era o desafio da Luisi Bilbao, designer de interiores da Hõlme Interior Design. Para atender a todos os requisitos, ela usou ladrilhos vibrantes, revestimentos em madeira, armários e bancadas. É possível deixar qualquer cantinho do seu gosto, confira as dicas.

Coloração versátil   

A base do ambiente são as tonalidades neutras, madeira e inox. Essas cores permitiram que a profissional ousasse na escolha dos ladrilhos, optando pelo tom alaranjado, que é o responsável por dar vida ao lugar. A paleta suave também oferece maior amplitude visual ao espaço, portanto, é uma dica indispensável na hora de decorar áreas menores.

Técnicas para cozinha pequena e colorida

A profissional preferiu apostar em bancadas ao invés de nichos. Para ela, “a bancada ajuda no preparo dos alimentos, é decorativa e dá mais leveza ao cômodo, cumprindo a função dos nichos”, afirma. Ainda pensando em otimizar o espaço, Luisi sugere uma alternância na disposição dos armários fechados com as áreas mais abertas, para não pesar o ambiente e dar a impressão de um local maior. Para completar, ela indica: “Sempre que possível, dê ao lugar um ponto de destaque (nesse caso, a cerâmica laranja), pois o detalhe irá atrair o olhar para esse determinado ponto, disfarçando a metragem reduzida ao redor”.

Cozinha com detalhes em ladrilhos alaranjados, armários em madeira, equipamentos em inox e cores claras

Foto: Guilherme Freitas

Iluminando  

Como a cozinha é uma área de trabalho, ela exige uma boa iluminação. Pensando na melhor forma de clareá-la, a designer de interiores apostou em luzes indiretas e pontos de spots focados em locais específicos, como na bancada de refeições, próximo à geladeira e na despensa. Além disso, ela ainda escolheu luzes com tom amarelado, fazendo com que a cozinha, que geralmente tem uma aparência mais fria, ficasse mais aconchegante.

Confortável

Para tornar o lugar mais convidativo, Luisi não abriu mão da madeira. Segundo ela, “esse tipo de revestimento aquece o cômodo e traz mais conforto”. Como o espaço é reduzido, ela optou por utilizá-la somente na parte inferior da marcenaria, em contraponto com o branco dos móveis.

Cozinha com detalhes em ladrilhos alaranjados, armários em madeira, equipamentos em inox e cores claras

Foto: Guilherme Freitas

Dica

“Os ladrilhos alaranjados foram utilizados em pontos específicos, apenas para dar um toque jovial e menos cansativo ao ambiente, sem exagerar”, conta Luisi

Projeto: Hõlme Interior Design, Rio de Janeiro – RJ

LEIA TAMBÉM